Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Universidades poderão mudar datas de vestibulares por causa do Enem


 
Luana Lourenço
Agência Brasil


As instituições que irão utilizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de seleção de novos alunos estão dispostas a fazer mudanças em seus calendários desde que não haja atraso no início das aulas em 2010. As universidades e institutos federais só irão decidir se farão alterações em seus calendários após a definição da nova data do exame, que será anunciada na quarta-feira (7).

O Enem foi adiado após vazamento da prova, que deveria ter isso aplicada no último fim de semana. De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Alan Barbiero, após a definição, cada universidade definirá o que fará em seu calendário de seleção.

“Queremos garantir o sucesso do Enem, mas é claro que temos grande preocupação de garantir o ingresso no início do primeiro semestre”, afirmou.

Com o adiamento do Enem, o exame provavelmente vai coincidir com vestibulares de universidades federais. Segundo Barbiero, o MEC apresentou um levantamento com as datas de todas as seleções do país. O objetivo é buscar uma data que tenha impacto menor para instituições e alunos.

“A definição da data é uma responsabilidade do MEC. O que vamos fazer é buscar adequação do calendário. Vamos fazer um esforço para fazer adequação, umas [universidades] vão se adequar, outras não”, disse Barbiero.

Apesar da indefinição e da garantia de autonomia às universidades, que poderão inclusive deixar de utilizar a notas do Enem, Barbiero disse que há, entre os reitores, “um sentimento coletivo” de manter a adesão ao exame nacional.

“Cada universidade participou de forma autônoma [na adesão ao Enem], qualquer mudança será decisão de cada universidade. O que posso afirmar é que um existe sentimento coletivo de confiança e de apoio ao MEC de que vamos utilizar o Enem”, afirmou.

Até agora, nenhuma universidade ou instituto federal desistiu de utilizar o Enem na seleção de estudantes, segundo a Andifes e o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Conif), que reiteraram o apoio ao MEC. “Temos que ter disposição de fazer ajustes nos nossos calendários”, disse o presidente do Conif, Paulo Cesar Pereira.

Mais Sobre Cultura

ASFALTÃO PLANEJA AÇÕES ATÉ O CARNAVAL 2019

ASFALTÃO PLANEJA AÇÕES ATÉ O CARNAVAL 2019

Com bastante antecedência e foco no cumprimento de sua missão, a Escola de Samba Asfaltão realizou no ultimo dia 16 de março, seu Planejamento Estraté

Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho

Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho

O espetáculo ÍFÈ, da Companhia Beradera de Teatro, estreia neste sábado (23), às 20h, em Porto Velho e tem como inspiração a história de importante fi

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Sonhos de MarçoPorto de sons e sonhos...Em marçouma paisagem sonorade cantos...um cenário a partecenas se repartem ese juntam em melodiasdiferentesDe

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

Porto Velho, RONDÔNIA - Ainda sem local adequado para se instalar e funcionar como em décadas atrás, a nova diretoria da Associação dos Ferroviári