Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

TRIBUTO A NOEL ROSA NA 32ª EDIÇÃO DO PROJETO SAMBA AUTORAL

Neste sábado, dia 5 de maio, a partir das 14:00 horas no Bar do Calixto,


TRIBUTO A NOEL ROSA NA 32ª EDIÇÃO DO PROJETO SAMBA AUTORAL - Gente de Opinião

Neste sábado, dia 5 de maio, a partir das 14:00 horas no Bar do Calixto, quando realizaremos a 32ª edição do PROJETO SAMBA AUTORAL.  Antes das apresentações de suas composições, músicos e compositores(as) farão um TRIBUTO ao grande NOEL ROSA. Com novo formato, este será o início de uma série de homenagens aos compositores e compositoras que se destacaram deixando seu legado e aos que continuam contribuindo com a história do samba no Brasil. Estas homenagens acontecerão ao longo deste ano.

Nada mais justo do que começarmos por Noel, pois ele nos inspirou e é a marca do Projeto Samba Autoral.


UM POUQUINHO DE NOEL ROSA

Noel Rosa (1910-1937) foi um compositor, cantor e violonista brasileiro. Um dos mais importantes artistas da história da música popular brasileira. Em pouco tempo de vida compôs mais de 300 músicas, entre sambas, marchinhas e canções. Entre suas músicas destacam-se, "Com Que Roupa", seu primeiro sucesso, "Conversa de Botequim", "Feitiço da Vila" e "Fita Amarela". Ficou conhecido como "O Poeta da Vila".

Noel Medeiros Rosa (1910-1937) nasceu no bairro de Vila Isabel, Rio de janeiro, no dia 11 de dezembro de 1910. Filho do comerciante Manuel Medeiros Rosa e da professora Marta de Medeiros Rosa foi aluno do tradicional Colégio São Bento. Muito cedo aprendeu a tocar violão e bandolim. Em 1930 ingressa na Faculdade Nacional de Medicina, mas depois de dois anos abandonou o curso. Já estava envolvido com a música e a boemia. Formou junto com os músicos Almirante, Braguinha, Alvinho e Henrique Brito, o conjunto Bando de Tangarás.

Entre os anos de 1930 a 1937, Noel compôs mais de 300 músicas, entre sambas, marchinhas e canções. Entre seus sucessos destacam-se, "Com Que Roupa", seu primeiro sucesso, "Conversa de Botequim", "Feitiço da Vila" e "Fita Amarela". Entre os interpretes de seus sambas estão: Aracy de Almeida, Francisco Alves e Mário Reis. Mestres da Música Popular Brasileira como Chico Buarque de Holanda e Paulinho da Viola, fazem questão de realçar a influência que Noel Rosa teve em suas músicas.

Em 1934 casa-se com Lindaura, moça da alta sociedade, mas tinha várias amantes e passava noites pelos cabarés do bairro da Lapa, no Rio de Janeiro, cantando, bebendo e fumando. Acometido de tuberculose, foi para Belo Horizonte para tratamento de saúde. Na volta para o Rio de Janeiro, achando-se curado, volta à vida boêmia.

Noel Rosa foi homenageado em filmes e peças de teatro. Em 2010, a Escola de Samba Unidos da Vila Isabel, apresentou o enredo do carnaval com o samba Noel: A presença do Poeta da Vila, de autoria de Martinho da Vila.

Noel Rosa faleceu no Rio de Janeiro (RJ), no dia 4 de maio de 1937. (FONTE:https://www.ebiografia.com/noel_rosa/)


APRESENTAÇÃO DAS COMPOSIÇÕES
 
A programação começará com a roda de samba com composições variadas. Às 16:00 horas, inicia o Tributo a Noel.

 Às 17h00, após o banho de poesia e harmonia das composições de Noel, começam as apresentações de nossos valorosos compositores e compositoras.

Será uma tarde revigorante, energizante e de muito harmonia.

 Para nossa Roda de Samba ficar ainda mais gostosa, aguardamos os amigos e amigas, que sempre nos impulsionam com sua presença, Força e Boa Energia.

Então, está combinado, a 32ª Edição do Projeto Samba Autoral, acontecerá neste sábado, dia 5 de maio, a partir das 14hs no Bar do Calixto.

Leve seu corpo, seu espírito de Paz e Luz!

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio