Porto Velho (RO) sábado, 20 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Seduc vai capacitar mais 50 professores em Língua Brasileira de Sinais


  
A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), através de sua Gerência de Educação (GE), por meio do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS), vai iniciar no próximo dia 1° de março, no centro de capacitação, localizado próximo ao Hospital Prontocor, mais uma turma para o curso básico de língua de sinais. Segundo Vera Matos, Subgerente de Educação Especial, “a utilização da língua de sinais vem sendo reconhecida como caminho necessário para uma efetiva mudança nas condições oferecidas pela escola no atendimento escolar desses alunos, por ser uma língua viva, produto de interação das pessoas que se comunicam”, para isso a Seduc vem investindo no oferecimento do curso de LIBRAS para os profissionais da educação do estado.

Assim como as diversas línguas de sinais e orais, a LIBRAS possui todos os níveis lingüísticos: fonológico, morfológico, sintático, semântico e pragmático e possui estrutura gramatical própria sendo adequadas para transmitir informações e para ensinar. No Brasil, A LIBRAS adquiriu status lingüístico em 24 de abril de 2002 com a sanção da lei nº 10.436, regulamentada pelo decreto 5.626 de 05 de dezembro, que a reconhece como meio legal de comunicação e expressão das comunidades surdas brasileiras.

Segundo a secretária de Estado da Educação, Marli Cahulla, a língua é um dos principais instrumentos de desenvolvimento dos processos cognitivos do ser humano e, evidentemente, do seu pensamento. “A escola é muito importante na formação dos sujeitos em todos os seus aspectos. É um lugar de aprendizagem, de diferenças e de trocas de conhecimento, precisando, portanto atender a todos sem distinção, para isso temos oferecido treinamentos, cursos de formação e aperfeiçoamento, para que nossos educadores propiciem essa inclusão de alunos especiais”,disse Marli.

Desta vez o CAS vai capacitar 50 novos profissionais da rede estadual de ensino dos pólos: VI (EEEF Herbert de Alencar, EEF Juscelino Kubitschek, EEEFM Orlando Freire, EEEI Nossa Senhora do Amparo, EEEF Petrônio Barcelos, EEEFM Jesus Burlamaque, EEEFM Araújo Lima, EEEF Bom Jesus); VII (CENE Abnael Machado de Lima, EEFM Getúlio Vargas, EEEFM Estudo e trabalho, EEEFPE Mário Castágna, EEEF Manaus, EEEF Franklin Roosevelt, EEEF Carlos Aloysio Weber, EEEF Bom Jesus) e VIII (EEEF Risoleta Neves, EEFM Daniel Neri, EEEFM São Luiz, EEEF Mariana, EEEF Flora Calheiros, EEEF Jânio da Silva Quadros, EEEF Maria Carmosina, EEEF Bom Ulisses Guimarães, EEEF, Luiz Soares da Cássia).

Fonte: A/I SEDUC

Mais Sobre Cultura

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

O Grupo de Teatro Wankabuki, de Vilhena (RO), realizará entre os dias 17 e 26 de outubro uma série de apresentações da peça “À Margem” nos municípios

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona