Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Repente marca lançamento de livros


O lançamento dos livros “Enchente do Rio Madeira” e “Desafio Repentista”, de autoria do Prof. Dr. José Dettoni, teve o Repente como uma de suas principais atrações. O próprio Dettoni e o repentista Gustavo Abreu protagonizaram uma demonstração do que é o Repente, versos de improviso sobre temas distintos, comum no Nordeste e no Rio Grande do Sul. Com oRepente marca lançamento de livros - Gente de Opinião seu acordeon, José Dettoni divertiu-se e divertiu todos que estiveram presentes ao auditório da Faculdade São Lucas, juntamente com Gustavo Abreu. Os versos improvisados dos trovadores arrancaram aplausos das pessoas que foram prestigiar o lançamento das obras.

Em sua trajetória de mais de 50 anos como professor, Dettoni disse que conseguiu ‘represar’ muitas coisas que agora estão sendo utilizadas para a produção de seus livros. Ele antecipou que outras duas obras já estão sendo produzidas, sendo uma delas sobre a pós-enchente, também em versos, que deve ser lançada no segundo semestre deste ano. O livro “Enchente do Rio Madeira” é uma obra livre e agradável que retrata, em versos, esse fenômeno da natureza. “Uma descrição dos fatos que marcam essa cheia recorde do Rio Madeira, em forma poética, mas a imaginação também é evidenciada”, diz Dettoni, acrescentando que uma das propostas é refletir sobre a realidade que manifesta a força da natureza. “O homem precisa estudar mais sobre a natureza para saber como lidar em situações como esta, porque somos nós que devemos nos adaptar à natureza”, observa o escritor.

Representando a diretoria da instituição, o Prof. Dr. Ricardo Pianta, coordenador do Departamento de Extensão, destacou o talento de José Dettoni também para a literatura. “Sensibilidade presente na essência da figura do homem no contexto filosófico e no contexto cultural. Uma obra com tema genuinamente rondoniense que destaca a cheia do Rio Madeira, com descrição do que realmente está acontecendo”, mencionou o coordenador, assinalando a importância do livro para as gerações futuras. “Um trabalho que vai além da sala de aula e repercute como uma obra grandiosa para a história de Porto Velho e de Rondônia”, complementou.

Fonte: Chagas Pereira

 
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio