Porto Velho (RO) sábado, 18 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Projeto fortalece trabalhos de Química e Biologia do IFRO


 
“Educação Ambiental como elemento transformador do Ensino de Química e Biologia no Sul e Centro-leste de Rondônia”, sob esse tema a CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) aprovou o projeto do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia).  Dos 109 projetos enviados por todas as regiões do Brasil, apenas 13 foram aprovados.

De responsabilidade da Pró-reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação do IFRO, em parceria com estudantes dos cursos de licenciatura em Química e Biologia da própria instituição. A atuação dos discentes será junto a estudantes do Ensino Médio de escolas públicas, três em Ji-Paraná e uma em Colorado do Oeste, através da organização de aulas, palestras, experimentos, visitas técnicas e análise da realidade ambiental.

De acordo com informações da PROPESP (Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação), trata-se de um projeto de iniciação à docência elaborado e apresentado pelo IFRO com a colaboração das professoras Elise Marques Freire Cunha e Neiva Moreira, das respectivas áreas do conhecimento, atendendo ao Edital nº 001/2011/CAPES do Programa Institucional de Bolsa a Iniciação à Docência (PIBID).

“A temática abordada pelo Projeto é atual e de extrema importância para Rondônia e, sobretudo, para a formação dos alunos de licenciatura, que desenvolverão atividades teórico-práticas referentes às disciplinas de Química e Biologia com vistas a Educação Ambiental”, explica o Pró-Reitor Artur de Souza Moret. Os discentes, a partir desse Projeto, terão um efetivo estímulo para a docência, a pesquisa e a extensão.

O projeto do Instituto Federal de Rondônia foi aprovado integralmente e receberá além das 35 bolsas de Iniciação à Docência, das sete bolsas de supervisão (para supervisores das escolas) e das duas bolsas de coordenação de áreas, o valor de R$ 52 mil para a execução das atividades previstas no projeto.

“A expectativa com relação a esse projeto é grande, pois é o primeiro que o IFRO faz especificamente para a licenciatura e com foco na Educação Ambiental, o que pode contribuir significativamente para o desenvolvimento sustentável das localidades de atuação e, consequentemente, para o próprio Estado de Rondônia”, finaliza Moret.
 
Fonte: Rosália Silva

 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio