Porto Velho (RO) terça-feira, 28 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Programação de hoje do Festival Amazônia Encena na Rua promete esquentar a Estrada de Ferro Madeira Mamoré


Programação de hoje do Festival Amazônia Encena na Rua promete esquentar a Estrada de Ferro Madeira Mamoré - Gente de Opinião

A edição de 2013 do Festival Amazônia Encena na Rua foi surpreendida com a baixa temperatura em Porto Velho, porém, o frio foi bem recebido e o público prestigiou o Festival desde a abertura, com o cortejo saindo da Praça das Caixas D’água, até os espetáculos na Arena Madeira Mamoré.

A programação pra essa quarta-feira começa às 15h com o Ciclo de Debates sobre Políticas Públicas e as Artes Públicas, e à noite traz duas comédias pra aquecer o frio na arena da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. São os espetáculos João-Pé-de-Chinelo e Como a Gente Gosta, e um drama já apresentado em outras ocasiões e que fala da saga dos trabalhadores na construção da Estrada de Ferro: A Ferrovia dos Invísíveis, Narrativas do Outro Lado.


Segue abaixo as sinopses e informações.


JOÃO PÉ-DE-CHINELO - Grupo Manjericão (RS)

A peça mostra o universo de João Pé-de-Chinelo, que vive nas ruas com seu carrinho catando papelão e outros materiais recicláveis, na busca de sobrevivência e sustento da família. João é mais um trabalhador fruto do êxodo rural que procura reagir com dignidade diante das mazelas dos grandes centros urbanos. O personagem apresenta sua casa e família ao público, narra histórias e aventuras vividas e sonha com dias melhores.


Ficha Técnica: Atuação - Márcio Silveira dos Santos; Dramaturgia - Anelise Camargo Garcia; Cenário, figurinos, adereços e maquiagem - Anelise Camargo e Márcio Silveira; Sonoplastia - Márcio Silveira dos Santos; Assistência de Direção - Anelise Camargo Garcia; Direção - Márcio Silveira dos Santos.


COMO A GENTE GOSTA - Grupo Maria Cutia de Teatro (MG)

Exilados pelo novo duque, Rosalinda e Orlando são obrigados a deixar a corte. Ela foge com sua prima Célia e, para se protegerem dos perigos da floresta, se disfarçam de camponesa Aliena e do jovem Ganimedes. Na Floresta de Arden, Rosalinda (como Ganimedes) brinca com seu enamorado Orlando e lhe dá lições de como se curar da febre do amor. Célia se apaixona por Oliver e Oliver por Aliena. Pela floresta, também encontramos Silvio, devotadamente apaixonado pela pastora Febe, que se enamora por Ganimedes. Rosalinda, no meio deste quiproquó de amores, tece sua trama para resolver toda a confusão desta.

Ficha Técnica: Elenco - Mariana Arruda, Hugo Araújo, Leonardo Rocha e Marielle Brasil; Direção e Dramaturgia - Eduardo Moreira; Preparação Vocal e Direção de Texto - Babaya; Direção Musical - Hugo Araújo e Marco França; Trilha Sonora - Grupo Maria Cutia; Desenho de Cena - Inês Peixoto; Preparação Corporal - Joaquim Elias; Figurino - Wanda Sgarbi; Cenário - Wanda Sgarbi e Alexandre Amaral; Produção - Luisa Monteiro; Assistente de Produção - Michelle Braga.


A FERROVIA DOS INVISÍVEIS, NARRATIVAS DO OUTRO LADO – O Imaginário (RO)

A peça retrata a luta de um grupo de trabalhadores para construir uma ferrovia no meio da floresta. A estrutura é baseada nas memórias, nas narrativas de diferentes tempos, a partir de fatos históricos e da importância da presença dos trabalhadores de diversas nacionalidades, no período da construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. Dando um sentido humano e universal, transformando o drama e as ações humanas em composição de ações poéticas.

Ficha Técnica: Direção - Chicão Santos; Figurino - Zaine Diniz; Texto - Criação coletiva; Concepção de Cenografia - Chicão Santos; Execução de Cenografia - Ismael Barreto e Miguel Castro; Elenco - Alunos do curso de teatro do Tapiri.

 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio