Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Professores do ensino especial do Estado participam de mais uma capacitação


 

Da próxima segunda-feira (15) ao dia 23, o Governo do Estado realizará mais uma capacitação, por meio do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez da Subgerência de Educação Especial da Secretaria da Educação (SEE/Seduc). Trata-se do curso de Língua Portuguesa como Segunda Língua para Surdos, que será aberto às 8 horas, no Rondon Palace Hotel, em Porto Velho, com a participação de 50 educadores da rede estadual de ensino da Capital e interior.

De acordo com a subgerente de Educação Especial da Seduc, Vera Regina de Matos, o curso atende à proposta do Governo de implementar o processo educacional no Estado com a adoção da língua portuguesa para surdos paralelamente à Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). “A Língua Portuguesa como Segunda Língua constituirá como complementação curricular específica a ser desenvolvida nas escolas em que os alunos com surdez estejam matriculados de acordo com a legislação vigente", disse Vera Regina, acrescentando que a Lei 10.436 de 24 de abril de 2002 e o Decreto 5626 de 22 de dezembro de 2005 enfatizam a oferta da educação bilíngüe com a organização dos sistemas de ensino de modo a tornar viável aos surdos o acesso aos conteúdos curriculares através da Libras como a primeira língua e a língua portuguesa como segunda língua.

O curso terá 60 horas e será ministrado pela professora do Distrito Federal, Sandra Patrícia do Nascimento, doutora em Lingüística pela Universidade de Brasília, com habilitação no Exame Nacional de Proficiência para tradução e interpretação em Libras e Língua Portuguesa para Surdos. Além de ser autora de vários artigos, ela é também colaboradora da Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos (Feneis).

A secretária estadual da Educação, professora Marli Cahulla, destacou a importância do curso como mais um investimento do Governo do Estado com vistas à melhoria do processo ensino aprendizagem também das pessoas com deficiência, seja auditiva, física ou visual. “A administração estadual entende a importância da educação bilíngue e por isso tem investido na inclusão dos surdos nas escolas regulares, bem como, na formação de tradutores e intérpretes de Libras”, afirmou a secretária Marli.

Fonte: Veronilda Lima

Mais Sobre Cultura

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona

SESC abre inscrições para exposição  e oficina de fotografia em Porto Velho

SESC abre inscrições para exposição e oficina de fotografia em Porto Velho

A exposição será realizada na rua Euclides da Cunha, com inscrições e impressões gratuitas no formato lambe-lambe

Cineamazônia participa do 1º Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente em Portugal

Cineamazônia participa do 1º Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente em Portugal

O Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental, realizado todos os anos em Porto Velho/RO, é um dos três festivais de cinema ambiental brasileiros e um