Porto Velho (RO) sábado, 20 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Prefeitura vai contratar 600 professores


 

Contratação emergencial será feita à medida que os currículos forem sendo selecionados

Devido ao crescimento da clientela de alunos na rede pública municipal, a prefeitura da Capital vai contratar emergencialmente 600 professores, para atender as séries iniciais nas escolas da sede do município, nos distritos e também para atender as escolas rurais em linhas e assentamentos.

De acordo com o prefeito Roberto Sobrinho, até o ano passado a média de crescimento anual de novos alunos nas escolas do município girava em torno de 1.500 a 1.800 novos alunos. Neste ano, entretanto, principalmente como reflexo da construção das usinas hidrelétricas do rio Madeira, o crescimento foi de mais de 4 mil novos alunos, sendo destes mais de 1.500 somente nas escolas rurais.

Com isso, além de investir na ampliação da rede e na contratação de mais professores, a prefeitura precisa investir mais também no transporte escolar. "Quando assumimos o primeiro mandato, em 2005, a prefeitura transportava 2.500 alunos. Hoje, por enquanto, já estamos transportando 9 mil alunos, em ônibus e barcos, mas já sabemos que precisamos reforçar esse serviço", disse o prefeito Roberto Sobrinho, que embarca na noite desta segunda-feira (8) para Brasília, onde vai se encontrar com o ministro Fernando Haddad, da Educação, para tentar ampliar o repasse dos recursos do Fundo de Desenvolvimento do Ensino Básico (Fundeb).

O Ministério da Educação trabalha com uma sistemática pela qual o senso educacional para efeito de repasse de verbas é feito de um ano para o outro. Somente ao final do ano, com base nas informações sobre o número de alunos que está estudando este ano é que vai aumentar o repasse do Fundeb, somente para o próximo ano.

"No nosso caso, o problema está estabelecido e para agora. Não podemos deixar para o próximo ano. Há uma clientela de novos alunos e precisamos atende-la. Vamos contratar os professores emergencialmente, já estamos ampliando o número de vagas com a construção de algumas escolas e a ampliação de outras, precisamos dar uma resposta à questão do transporte escolar e vamos expor a situação ao ministro Haddad para ver que tipo de ajuda ele poderá nos dar", disse o prefeito.

O edital do concurso emergencial deverá ser publicado ainda nesta semana e a contratação será por meio da seleção de currículos (prova de títulos). À medida que os currículos forem selecionados, os professores vão sendo contratados.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Cultura

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

O Grupo de Teatro Wankabuki, de Vilhena (RO), realizará entre os dias 17 e 26 de outubro uma série de apresentações da peça “À Margem” nos municípios

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona