Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Prefeito e Educadores do Campo discutem políticas educacionais durante seminário


Educadores das 67 escolas do núcleo de ensino rural de Porto Velho participam do I Seminário de Educação do Campo, que iniciou nesta quinta-feira (28), às 8h30, no Centro de Educação Tecnológica e de Negócios de Rondônia – Cetene, e se estende até o sábado (30). Com o objetivo de construir uma política educacional que atenda aos anseios e necessidades dos moradores da zona rural, o evento também será realizado nos demais núcleos de ensino rural, Extrema, São Carlos e Calama.

A programação do seminário prevê a realização de palestras, oficinas e painéis expositivos. As palestras, que visam proporcionar uma visão geral da educação do campo no Brasil e dos territórios rurais, para o desenvolvimento da agricultura familiar, aconteceram nesta quinta. Os demais dias serão destinados exclusivamente para as atividades de discussão.

"A intenção é transformar a atividade em um espaço propício para a realização de estudos, discussões e reflexões em torno da educação que atualmente é oferecida e, diante disso, propor novas perspectivas para inová-la de forma coletiva e participativa", cita a chefe da Divisão de Ensino Rural – Dier da Secretaria Municipal de Educação – Semed, que está promovendo o seminári promovendo o seminpal de Educaçivaivas opliar, esto.

O prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho, destacando a importância de se tratar a educação do campo de uma maneira diferenciada, disse que o município vem desenvolvendo ações voltadas para a fixação do homem no campo, trazendo a realidade econômica e o contexto cultural para o espaço de formação. "Hoje as nossas crianças não precisam mais se deslocar até a cidade para poderem estudar, porque já existem escolas próximas de onde elas moram", destacou Sobrinho.

Atualmente estão matriculados nas escolas municipais da zona rural de Porto Velho cerca de 12.100 alunos, entre o ensino regular e a modalidade de educação de jovens e adultos. Mais de 7.100 desses alunos são atendidos com transporte, seja terrestre (ônibus, passes escolares e bicicletas) ou fluvial, cerca de 4.700 a mais que em 2004.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Cultura

Forte Príncipe da Beira está entre as 18 fortificações brasileiras candidatas a patrimônio da humanidade reconhecido pela Unesco

Forte Príncipe da Beira está entre as 18 fortificações brasileiras candidatas a patrimônio da humanidade reconhecido pela Unesco

 Nos dias 9 e 10 de julho uma equipe técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Brasília fará uma visita ao Forte Pr

O ZÉ E O SALÁRIO MÍNIMO - Por Humberto Pinho da Silva

Não sei se já vos falei do Zé. Conheci-o desde menino, dos bancos do liceu.

Escritora lança livro que conta a história dos bairros de Porto Velho

Escritora lança livro que conta a história dos bairros de Porto Velho

O lançamento do livro contou com o apoio da Prefeitura

Funcultural realiza o Som Livre

Funcultural realiza o Som Livre

De acordo com o presidente da Funcultural, Fernando Ocampo, o Som Livre será realizado quinzenalmente, de forma itinerante, em vários espaços da cidad