Porto Velho (RO) terça-feira, 28 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Por do sol no Rio Madeira é a imagem vencedora de Concurso Cultural


 Por do sol no Rio Madeira é a imagem vencedora de Concurso Cultural - Gente de Opinião

 

Ação do Porto Velho Shopping em homenagem aos 99 da capital contou com a participação dos clientes

A inspiração da foto de Carlos Eduardo Quintino foi o entardecer no Rio Madeira, para homenagear os 99 anos de Porto Velho, no Concurso Cultural “Meu olhar sobre Porto Velho”.

A foto ganhadora foi tirada às margens do Rio Madeira, através de celular, e retratou o por do sol em tons vermelho e amarelo, com a vegetação e as águas aparentemente calmas do local.

O Rio Madeira foi o ponto de maior homenagem dos portovelhenses na escolha das imagens que representam a cidade. Ele foi retratado a partir de fotos com sua força, o barranco, a usina, os flutuantes e o entardecer.

Além dele, ainda foram enviados retratações de momentos na Praça Estrada de Ferro Madeira Mamoré, o arco íris após a chuva e o Parque da Cidade.

Confira as melhores imagens enviadas ao concurso no Facebook do Porto Velho Shopping.

Fonte: Elis Ramos



 

COMENTÁRIO / POEMA ENVIADO PELO JORNALISTA MONTEZUMA CRUZ:

O sol de Porto Velho /Do outro lado do rio /É vermelho e grande /Longínquo No infinito opaco / Da fumaça que se levanta / Na terra queimada Pela ganância / De quem, enriquecendo A empobrece /O sol de Porto Velho / É uma prece /E quando pára No oceano de névoa / Do ocaso, impasse Estático de tempo / No espaço /Parece que não desce / Quer ficar na terra / O escarlate sol de Porto Velho De todo fim de tarde /

Quando pára É porque espera / Um carinho, um aceno / Calado do apito do trem

Que nunca vem / O sol de Porto Velho / Fica noite adentro /Espanta-se com a mudança Das pessoas / Que perderam O hábito de admirá-lo / E à mata / Não concebe o que fazem / À floresta / A cada dia, semana / Mês ou ano que se passa

E a vontade que tem / É de afastar-se para longe / Das serras e machados /

O lindo sol escarlate  / Que no fim de tarde / Paira do outro lado do rio Enfeitado de barcos, balsas E madeiras flutuantes / É quem faz crescer a selva / Sua amada Através da bruma seca  / Olha à cidade De esguelha / E num apelo triste / Pede às migalhas Da espécie humana, Homens e mulheres /Que se comportem E não matem

Nem desmatem / A alma viva Da paisagem Não a transformem Em natureza morta /

O sol de Porto Velho / Do outro lado do rio Imenso, parado / Olha nos olhos a alma

E as verdades De cada um /Que as águas do Madeira / Levam para lavá-las

E perdê-las no mar azul / Aproveitem hoje E ao pôr-se o sol em Porto Velho

Lembrem-se de que Igual não há / No mundo

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio