Porto Velho (RO) quarta-feira, 22 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

População se encanta com espetáculos gratuitos


Desde o dia 1 de setembro a população de Porto Velho tem acesso a espetáculos de circulação nacional inteiramente grátis através do Festival Palco Giratório, que é realizado pela quarta vez consecutiva na Capital.População se encanta com espetáculos gratuitos - Gente de Opinião

O projeto de circulação é o maior deste tipo na América Latina e consiste em levar o trabalho de grupos subsidiados pelo Sesc para todas as regiões do país. Com isso a cidade recebe o que há de melhor em peças teatrais, dança e circo a nível nacional. Todos os espetáculos são gratuitos e com classificação indicativa específica.

Este ano o Palco Giratório está mais acessível e ainda mais perto da comunidade porto-velhense com apresentações nas zonas Sul e Leste, em escolas públicas e hospitais.

Andressa Romão, coordenadora do Festival Palco Giratório em Porto Velho, diz que o objetivo do evento é possibilitar o acesso das pessoas à arte. “O Palco vai aos hospitais levar os espetáculos a quem não pode ir ao teatro. Seguimos a máxima de que o artista deve ir onde o povo está", destaca.

Após lotar o Teatro Um do Sesc Esplanada com sua participação no Palco Giratório, o Circuito Te Conto em Cena, do Núcleo de Ensino e Pesquisa de Artes Cênicas (NEPAC), do Rio de Janeiro, levou o espetáculo "A causa secreta" e "O enfermeiro" às escolas públicas de Porto Velho.

“Estamos realizando sessões especiais direcionadas para estudantes e professores e agradecemos aos espaços, instituições e empresas que acolheram e apoiaram as apresentações do nosso Circuito. Agradecemos a cada espectador que passa a fazer parte desse jogo proposto pelo “Te Conto em Cena”, agradece Leonardo Simões, diretor do NEPAC.

Para Adriana Zanki Cordenonsi, professora universitária, o Palco Giratório é, sem dúvida, o evento de teatro mais importante da cidade. “É uma das únicas oportunidades do público porto-velhense assistir peças de diferentes Estados do Brasil. O mês de setembro em Porto Velho é sinônimo de agitação cultural graças ao palco Giratório”, afirma.

 

Acessibilidade

O Festival também inova ao promover a acessibilidade de surdos aos espetáculos apresentados para a comunidade através de um intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras), Marcos Grützmacher, da Associação de Professores, Parentes, Intérpretes e Amigos de Surdos do Estado de Rondônia (APPIS). O primeiro espetáculo que contou com a tradução simultânea foi “CRU”, da Companhia de Teatro Plágio, de Brasília, no dia 5.

Foi a primeira vez que Beatriz Gomes, deficiente auditiva, assistiu a uma peça teatral, e gostou do que viu. “Gostaria que tivessem mais espetáculos como este, para que nós, surdos, tenhamos a chance de assistir”, disse, com a ajuda do interprete da associação Marcos, que o universo do teatro é muito novo para eles, pois nunca haviam tido a chance de acompanhar, devido a falta de acessibilidade.

Outro estudante, também deficiente auditivo, Tiago Quirino, disse que tinha preconceito com o teatro, por nunca ter tido a chance de assistir, e ter essa oportunidade foi importante para ele, que pretende acompanhar as próximas apresentações.

O Palco Giratório apresentará mais quatros espetáculos que contarão com o auxílio de interprete, sendo eles: Anjo Negro (13/09), Pai e Filho (14/09) e João e Maria (18/09).


Programação

Durante toda a semana, a programação segue, todos os dias, a partir das 20h30 no Teatro Um do Sesc Esplanada. Confira:


 

 

14/09(sexta-feira)

Pai e Filho

 

15/09(sábado)

Escapada

 

16/09 (domingo)

Faladores

 

Contato

Dúvidas a respeito dos espetáculos e quantidade de ingressos disponíveis para as apresentações podem ser tiradas através das redes sociais do Sesc Rondônia. São elas: Twitter (www.twitter.com/sescrondonia) e Facebook (www.facebook.com/sescrondonia). Uma forma dinâmica e eficaz de contato com a comunidade.

Fonte: Folk Comunicação

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio