Porto Velho (RO) terça-feira, 16 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

OPINIÃO DE LÉO LADEIA: As crianças de Nazaré


 
Quinta feira próxima, um grupo de cantores mirins se apresenta no Teatro Banzeiros. As crianças de Nazaré.

Descobertos pela entidade, Carlinhos Maracanã, o grupo recebeu elogios rasgadas de Gabriel o Pensador e já se apresentou em Brasília, levado pelas mãos da Senadora Fátima Cleide.

É um daqueles exemplos do que pode fazer a juventude quando recebe estímulo dos órgãos culturais e apoio familiar.

Segregados da violência urbana, em razão de estarem longe do burburinho da Capital, as crianças desenvolvem suas atividades normais junto à atividade musical e seguem a vida como jovens respeitados pela comunidade e aplaudidos por onde passam.

No caso em questão, nenhuma política pública os levou ao ponto onde estão e isso só nos faz pensar no valor da família na condução dos seus filhos.

Ontem me deti aqui sobre a juventude de Porto Velho, seus valores e sua cultura na maioria das vezes importada e assumida com cultura local.

Ontem vimos duas matérias sobre duas escolas públicas que buscam resgatar valores como cidadania, patriotismo, cultura e lazer.

Cabe muito mais aos pais que aos governantes ou agentes públicos cuidar para que a juventude tenha uma vida pautada por valores morais e isso começa em casa.

Ontem à noite conheci uma história terrível, um menor de idade se propõe assumir um homicídio para livrar um colega que já atingiu a maioridade penal, por saber que sua pena acabará no próximo mês de novembro, quando estará livre após completar os dezoito anos de idade.

É isso que prevê o ECA. É isso que irá acontecer. Desta vez pelo menos, a lei irá beneficiar o infrator. É hora de pensarmos sobre o assunto.

As leis devem ser gerais. Tanto para os bons meninos de Nazaré quanto para os menores que escondem maiores que atuam no tráfico de drogas.

Claro que uma discussão sobre o ECA receberá ataques e defesas dos dois lados, mas é para isso que a discussão se instala. E a sociedade não deve deixar de participar.

Fonte: Léo Ladeia


Mais Sobre Cultura

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

O Grupo de Teatro Wankabuki, de Vilhena (RO), realizará entre os dias 17 e 26 de outubro uma série de apresentações da peça “À Margem” nos municípios

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona

SESC abre inscrições para exposição  e oficina de fotografia em Porto Velho

SESC abre inscrições para exposição e oficina de fotografia em Porto Velho

A exposição será realizada na rua Euclides da Cunha, com inscrições e impressões gratuitas no formato lambe-lambe