Porto Velho (RO) quinta-feira, 25 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Mostra de Curta Alemão Contemporâneo destaca convivência entre gerações


No segundo dia da Mostra Curta Alemão Contemporâneo, promovido pelo Cineoca em parceria com o Instituto Cultural Amazônia Brasil com apoio do Instituto Goëthe de São Paulo, o destaque é a convivência entre as gerações. A Exibição dos filmes hoje  começa às 19 horas no auditório do SENAC. Lembrando que a entrada é gratuita.

Dia 04, sábado
 
Programa III: Novo e Velho, com enfoque na convivência entre gerações
Atualmente Morto (17'), de Thomas Wendrich, e A Maior Invenção de Gregor (11'), de Johannes Kiefer, acompanham, em cenas tragicômicas, e com muita dignidade, pessoas que sofrem das enfermidades da velhice, como demência e fragilidade física. Ambos contam com a atuação de atores excelentes.. A comunicação entre gerações é também o tema do eloqüente Conversas (18'), de Mickel Rentsch, e de Frágil (20'), de Sikander Goldau, que tematiza a difícil arte do último adeus. Na sátira Gravidez Avançada (9'), Piotr Lewandowski prova o triunfo da comunicação móvel, mesmo nas fases da vida pré-natal. Em O Escolar (7'), de Edina Kontsek, o pequeno Paul demonstra quão insuportável é a vida de um aluno em conseqüência de educadores indiscretos; Coração Denunciante (15'), de Marc Malze, trata do confronto com a vida e a morte de jovens e idosos.

Programa II: Perto e Longe, composto de documentários
Nos últimos anos, jovens cineastas vêm questionando as fronteiras clássicas entre documentário e ficção. Dependendo da perspectiva do espectador, este poderá questionar a autenticidade do caráter de documentário do filme, em Interior Exterior Mongólia (21'); Til Passow, em Howrah Howrah (26'), proporciona um olhar sobre a convivência humana na estação de trem central de Calcutá, uma das maiores da Ásia; em Numa Quarta-Feira à Noite em Tóquio (5'30"), Jan Verbeek concentra-se num aspecto mínimo, porém significativo, do dia-a-dia na capital nipônica. Já Escolha Livre (6'), de Daniel Kunle e Immo Lüdemann, apresenta o perfil de perseverança do dono de uma tenda na feira, e Notas Para a Cabeça (15'), de Fatima Abdollahyan, enfoca um fotógrafo chinês que vive em Munique e seu olhar interior/exterior sobre a Alemanha. Filme do Céu (15'), de Jiska Rickels, trata das diferentes formas de percepção e de dimensão do céu.
 
 
Dia 05- domingo
Programa IV: Fugir ou Ficar, sobre o lado sombrio da vida na Alemanha.
Temas difíceis são tratados com sensibilidade em Trocados (15'), de Marc Andreas Bochert, sobre o encontro de um homem de negócios com um sem-teto, e em Coelhinho na Toca (11'), de Hanna Doose, que enfoca o abuso no seio da família. Racionalidade e renúncia à comiseração distinguem o filme Dando o Fora (9'), onde Christoph Wermke tematiza a busca de chances de vida na província oriental da Alemanha. Tudo Como Antes (5'), de Tom Zenker, revela uma súbita explosão de violência como rodapé no cotidiano apressado. Em O Dia Em Que Winston Ngakambe Veio a Kiel (10'), Jasper Ahrens fantasia de forma maliciosa sobre como colonizar cidades no norte da Alemanha. Björn ou Os Obstáculos das Autoridades (15'), de Andreas Niessner, diverte o espectador, mas não o protagonista do filme, que pouco antes de viajar percebe que seu passaporte está vencido. Já em Genial (10'), de Ingo Rasper, a protagonista orquestra com mestria os desafios inerentes ao cargo de fiscal alfandegário durante uma viagem de trem na Alemanha pós-guerra.

Fonte: Simone Norbeto

Mais Sobre Cultura

Nova Lei de Incentivo à Cultura reduz de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão teto de captação por projeto

Nova Lei de Incentivo à Cultura reduz de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão teto de captação por projeto

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, anunciou, por meio de vídeo divulgado nas redes sociais, mudanças históricas na Lei Federal de Incentivo à Cultu

4 Curiosidades sobre o sacrifício de animais nas religiões afro-brasileiras

4 Curiosidades sobre o sacrifício de animais nas religiões afro-brasileiras

Existem diversas religiões afro-brasileiras em grande crescimento no Brasil que defendem o sacrifício de animais para vários fins.Pode parecer algo

Escolas podem agendar visita à exposição que celebra o amor, a vida e a morte

Escolas podem agendar visita à exposição que celebra o amor, a vida e a morte

As instituições de ensino interessadas em agendar uma visita, seguida de debate, às duas exposições fotográficas multimídia “O Amor é Filho do Tempo”

União de conhecimento científico e tradicional é foco de encontro de parteiras da Amazônia

União de conhecimento científico e tradicional é foco de encontro de parteiras da Amazônia

Aconteceu em Tefé, no Amazonas, o 12ª Encontro de Parteiras com o objetivo de disseminar técnicas para aprimoramento de partos em comunidades da Amazô