Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

MIMOSINHO NO FLOR-DO-MARACUJÁ



Boi-Mimosinho se apresenta no Flor-do-Maracujá homenageando fundador João Batista

Uma das apresentações mais esperadas no Flor-do-Maracujá deste ano é a do boi-bumbá Mimosinho, um dos maiores campeões de títulos da competição, e atual vice-campeão da Mostra realizada anualmente pelo Governo do Estado.

O homenageado deste ano não poderia ser outro, é o fundador da agremiação, João Batista, folclorista, que durante anos se tornou um dos maiores papa-títulos do Flor-do-maracujá. Atualmente, o Boi está sendo dirigido pelo folclorista Alberto Castro Alves.

O Mimosinho foi criado em 1985 no bairro Nova Floresta, atual bairro da Eletronorte. O boi se apresentava sempre no arraial São João Na Roça, folguedo comunitário criado por João Batista em parceria com João Morais e moradores do bairro.

Naquela época, além do boi Mimosinho, Batista fundou duas quadrilhas, a Beija-Flor do Norte (adulta), sete vezes campeã do Flor-do-Maracujá, e a Estrelinha de São João (mirim), igualmente campeã com o mesmo número de título da Beija-Flor, no Flor-do-Maracujá.

Batista abandonou a disputa das quadrilhas e do boi-bumbá em 1996 para se dedicar mais à família e criação dos filhos e netos, mas sempre realizando um arraial no dia de São João, no Nova Floresta, todos os anos. João Batista é devoto de São João.

Na apresentação do Mimosinho, que acontece na sexta-feira (27.06), Batista estará presente para acompanhar quatro sobrinhos que irão se apresentar no boi-bumbá mirim que ele fundou há mais de duas décadas.

"Isso para mim é motivo de muita alegria. Hoje, os dançarinos, artesãos e ritmistas do Mimosinho já estão na segunda geração, filhos, sobrinhos e netos dos fundadores da agremiação. A cultura não pode morrer e nossa contribuição para que isso nunca aconteça dever ser diária", diz João Batista.

Batista é servidor federal aposentado da Funasa e está atualmente com 55 anos, dos quais 49 dedicados à cultura de Porto Velho, cidade onde nasceu em 8 de março de 1953.

Fonte: Marcos Henrique Machado

Mais Sobre Cultura

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona

SESC abre inscrições para exposição  e oficina de fotografia em Porto Velho

SESC abre inscrições para exposição e oficina de fotografia em Porto Velho

A exposição será realizada na rua Euclides da Cunha, com inscrições e impressões gratuitas no formato lambe-lambe

Cineamazônia participa do 1º Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente em Portugal

Cineamazônia participa do 1º Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente em Portugal

O Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental, realizado todos os anos em Porto Velho/RO, é um dos três festivais de cinema ambiental brasileiros e um