Segunda-feira, 22 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Cultura

MERENDA ESCOLAR: Escolas aprendem a planejar compra


Com a proposta de garantir a eficácia dos serviços que envolvem os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), bem como, a qualidade dos produtos adquiridos, o Governo do Estado iniciou nessa segunda-feira (18), através da Gerência de Apoio, Controle e Avaliação da Secretaria da Educação (Gaca/Seduc), oficinas de capacitação destinadas aos presidentes e tesoureiros de Associações de Pais e Professores (APPs), Comissões de Compra e Recebimento, diretores e vice-diretores. O evento tem como tema “Como planejar e comprar os produtos para a merenda escolar”, e segue até a próxima quinta-feira, no colégio Padre Moretti, em Porto Velho.

De acordo com o secretário estadual da Educação, professor Edinaldo Lustoza, a capacitação acontece a cada início do ano letivo, demonstrando a preocupação do Estado com a gestão dos recursos públicos, que envolvem também procedimentos de compra, recebimento, armazenagem, até o momento em que o alimento será servido aos alunos. Lustoza lembrou que o cardápio diário, elaborado por nutricionistas que fazem parte do projeto de alimentação da Seduc, prioriza os produtos regionais como forma de garantir a qualidade da merenda, bem como a produção hortifrutigranjeira local.

“Durante as oficinas os técnicos da Seduc trabalham o planejamento, controle da qualidade e procedimentos licitatórios com base na Lei 866/93, entre outros, com o objetivo de garantir a compra de uma merenda saudável dentro do limite de recursos que dispomos para cada aluno, que hoje é de R$ 0,22 por dia”, destacou o secretário.

Para garantir a eficácia, a executora do Projeto de Alimentação Escolar (Pale), Zilamaria Rabelo, explicou que o público alvo de Porto Velho foi dividido em quatro turmas, cada uma com 95 participantes. Ainda segundo ela, de 2 a 11 de março a capacitação será feita no Pólo II, com sede em Ariquemes, Buritis e Machadinho do Oeste; de 17 a 26, no Pólo III, sediado em Jaru e Ouro Preto; de 30 de março a 12 de abril, no Pólo IV, Ji-Paraná, Alvorada do Oeste, Presidente Médici, Cacoal, Espigão do Oeste e Pimenta Bueno; de 14 a 23, no Pólo V, Vilhena, Colorado do Oeste e Cerejeiras; de 28 de abril a 7 de maio, no Pólo VI, Rolim de Moura, Santa Luzia e Nova Brasilândia; e de 12 a 21, no Pólo VII, Costa Marques, São Miguel do Guaporé e Guajará-Mirim.

Fonte:Decom

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 22 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa francês de rádio disponibiliza arquivos do especial de música rondoniense

Programa francês de rádio disponibiliza arquivos do especial de música rondoniense

A inserção da música rondoniense em uma programa radiofônico de Marselha, a segunda maior cidade da França, está disponível de forma permanente em u

Estudantes de Jornalismo da Unir lançam revista sobre música de Rondônia

Estudantes de Jornalismo da Unir lançam revista sobre música de Rondônia

Uma reunião estratégica foi realizada no último dia 04, no gabinete do governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha. O Diretor-Superintendente do Se

Escola Pé de Murici recebe atividades do Projeto Cine Itinerante "Do mar do Caribe à beira do Madeira" nesta sexta-feira (05)

Escola Pé de Murici recebe atividades do Projeto Cine Itinerante "Do mar do Caribe à beira do Madeira" nesta sexta-feira (05)

Nesta sexta-feira (05 de julho), as ações do Projeto Cine Itinerante “Do mar do Caribe à beira do Madeira: Educação, Arte e Cultura cinematográfica

Gente de Opinião Segunda-feira, 22 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)