Porto Velho (RO) terça-feira, 23 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

MERCADO CULTURAL - Extensa programação marca inauguração



Os recursos investidos na obra, cerca de R$ 1 milhão, vieram do Ministério do Turismo. “O projeto foi idealizado pelo prefeito Roberto Sobrinho e desenvolvido pelo então Departamento de Turismo da Prefeitura, hoje Coordenadoria de Turismo e tem por objetivo valorizar esse segmento tão importante no município, nossa cultura e a arte, com foco para a geração de emprego e renda”, explica José Gadelha, secretário de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo.  
CLIQUE E VEJA VÍDEO     -       CLIQUE E VEJA FOTOS.
 
Confira a programação:
 

Data/Hora
Atividade
Atração
Local
 
16/maio (sábado)
20h
 
 
Show Amazônia em Canto
  • Laio
  • Bado
  • Binho
  • Augusto Silveira
 
Palco (Mercado Cultural)
 
17/maio (domingo)
18:30 e 19h
 
 
Teatro infantil
 (dois espetáculos)
  • Grupo Cuniã: Brincadeiras de Criança.
  • Grupo Evolução: os Bichos Também Amam.
 
 
Palco (Mercado Cultural)
18/maio (seg feira)
19h
Show: Prisma Luminoso (MPB, Samba, Chorinho, Bossa Nova)
 
Projeto Cinco e Meia
 
Palco (Mercado Cultural)
19/maio (terça-feira)
19h
 
Show musical
Coral Infantil e Coro Experimental - Escola Municipal de Música “Jorge Andrade”
 
Palco (Mercado Cultural)
20/maio
(quarta-feira)
19h
 
Recital ao Piano
(clássico e popular)
 
Littsia Moreno
 
 
Palco (Mercado Cultural)
 
21/maio
(quinta-feira)
19h
 
Dança Boi Bumbá
Professora Nara
Boi Bumbá Corre Campo,
Boi Bumbá Diamante Negro
 
Palco (Mercado Cultural)
22/maio
(Sexta-Feira)
19h
 
Teatro infantil
Espetáculo Lendas da Amazônia
Grupo CTB
 
Palco (Mercado Cultural)
 
23/maio
(sábado)
19h
 
Vitrine Instrumental
Professores -
Escola Municipal de Música “Jorge Andrade”
 
Palco (Mercado Cultural)
 
24/maio
(domingo)
19h
 
Teatro infantil
Espetáculo A Formiga Fofoqueira
Grupo Raízes do Porto
 
Palco (Mercado Cultural)

 Fonte: Ascom

De acordo com o presidente da Fundação Cultural Iaripuna, Altair dos Santos (Tatá), o mercado será uma espécie de celeiro cultural perene. “Teremos um calendário de atividades para o ano inteiro”, afirma. Ele acrescenta que além do anfiteatro, foram reservados dez espaços para comercialização de produtos regionais, como artesanato, CDs de artistas locais, livraria e comidas típicas, que vão agregar valor ao turismo. “É mais uma demonstração do resgate e valorização da nossa cultura e nossa história pela administração do prefeito Roberto Sobrinho”, diz.
MERCADO CULTURAL - Extensa programação marca inauguração  - Gente de Opinião


O antigo Mercado Público de Porto Velho, parcialmente destruído na década de 1960,  devolvido nesta sexta-feira (15) à população, agora como Mercado Cultural, palco permanente de atrações artísticas e de toda forma de manifestação da arte. Obedecendo detalhes do projeto original, o espaço conta com um anfiteatro, praça de alimentação e lojas de produtos regionais. A obra faz parte do projeto de revitalização do centro histórico da cidade.




Prefeito inaugura Mercado Cultural e anuncia projeto de reforma da antiga Câmara

Foi com emoção que o prefeito Roberto Sobrinho, inaugurou ontem à noite (15), o Mercado Cultural - antigo Mercado Público de Porto Velho, cujo prédio foi totalmente construído pela administração municipal, mas preservando detalhes do projeto original e acrescentando um anfiteatro, praça de alimentação e lojas de produtos regionais. 

O prefeito lembrou que apesar das críticas que recebeu quando do início da obra, hoje só recebe elogios pelo resultado final da obra que devolveu ao centro da capital um dos mais importantes patrimônios culturais de Porto Velho, e ainda anunciou mais restaurações, “agora, vamos trabalhar para restaurar a antiga Câmara do Vereadores”. A obra teve um custo total de cerca de R$ 1 milhão e vieram do Ministério do Turismo. 

Autoridades, empresários, políticos, pessoas ilustres de Porto Velho e populares prestigiaram o evento.

Além dos ilustres conhecidos da história da capital, três pessoas foram lembradas pelo empenho em manter o Mercado Cultural vivo. O primeiro foi o senhor Zizi, que durante anos trabalhou em seu famoso bar no antigo prédio em ruínas e que chegou a chorar quando a estrutura foi derrubada; o advogado Ernandes Segismundo - beradeiro - é um dos maiores defensores desta restauração e o arquiteto da prefeitura José Augusto, que segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, José Gadelha, “não mediu esforços para atender as determinações do IPHAN no trabalho de restauração.”

O presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Luis Fernando de Almeida, participou da solenidade, esta é a primeira vez que ele vem a Rondônia. De acordo com Luis Fernando, “o Mercado é uma mostra de que a administração municipal está preocupada em desencadear o desenvolvimento econômico atrelado ao desenvolvimento cultural e social.” 


Mais Restauração
 

A antiga Câmara, localizada na ladeira da rua José Bonifácio, de acordo com Roberto Sobrinho, será transformada em um centro de memória da política portovelhense. Este é mais um passo para o trabalho de revitalização da área central da capital, que sua administração vem realizando. Ele citou a reforma das praças Jonathas Pedrosa, das Caixas d’Água, Aluízio Ferreira, Marechal Rondon (em fase de execução) e Getúlio Vargas, todos feitos em parceria com as iniciativas privadas e instituições financeiras.

O Prefeito fez um breve resumo também das obras que serão executadas na sua administração já a partir da próxima semana, a exemplo do Canal Hidroviário, cuja ordem de serviço será assinada na próxima quinta-feira. Ele citou ainda o Parque das Águas, a ser erguido nas proximidades do Porto Hidroviário. Para tanto, já estão sendo construídas casas para abrigar as famílias que moram naquela área e que sofrem com as enchentes todos os anos. Tem ainda a revitalização da Madeira-Mamoré que está em execução.

Para o vice-prefeito Emerson Castro, as obras que já foram realizadas, junto com as que estão em andamento mostram que a administração municipal está preocupada em preservar o patrimônio histórico e cultural de Porto Velho. “Esta é a administração municipal que mais investiu em obras até agora”, disse, acrescentando que a reforma do Mercado se tornou realidade por causa da resistência de pessoas comprometidas com a história de Porto velho. 


Apoio parlamentar
 

O prefeito destacou o apoio que tem recebido da deputada federal Marinha Raupp, do deputado federal Eduardo Valverde e dos senadores Valdir Raupp e Fátima Cleide. A revitalização da Candelária e do Mercado, por exemplo, só está sendo possível graças aos recursos carreados por Raupp e Marinha, totalizando R$ 6 milhões. A senadora Fátima Cleide falou emocionada do orgulho em inaugurar o Mercado Cultural. “Vamos mudar o visual dessa cidade”, declarou.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Cultura

COLCHA DE RETALHOS DA ELEIÇÃO - Por Lúcio Albuquerque

COLCHA DE RETALHOS DA ELEIÇÃO - Por Lúcio Albuquerque

URNASNo turno houve denúncias de urnas que teriam sido violadas. Agora, corre à boca pequena que pode haver “urnas emprenhada” – um termo que represen

Wankabuki lança campanha de financiamento coletivo

Wankabuki lança campanha de financiamento coletivo

O Grupo de Teatro Wankabuki, sediado no município de Vilhena (RO), lançou através da plataforma Catarse, uma nova campanha de financiamento coletivo p