Porto Velho (RO) terça-feira, 28 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Marquinho PQD festeja no Mercado Cultural


 
O dia do samba será comemorado em Porto Velho sexta feira no Mercado Cultural

Marcos de Souza Nunes ou simplesmente Marquinho PQD um dos compositores de samba mais gravados, por artistas considerados de ponto no mundo do samba como Beth Carvalho Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Jovelina Pérola Negra e tantos outros expoentes da música genuinamente brasileira, vai se apresentar na próxima sexta feira dia 3 no Mercado Cultural em Porto Velho dentro da programação especial da Fina Flor do Samba. O compositor vem a Porto Velho graças à iniciativa do também cantor e compositor Beto Cezar, em parceria com Ernesto Melo e a Fundação Iaripuna.

Marquinho desembarca na capital rondoniense nesta quarta feira e amanhã de acordo com Beto Cezar vai estar juntamente com os sambistas locais festejando o Dia Nacional do Samba. “Ainda não escolhemos o local onde vamos fazer a festa do Dia Nacional do Samba, mas, com certeza vamos estar cantando e batucando samba em algum lugar da cidade”, disse Beto Cezar.

Marquinhos PQD se apresenta pela segunda vez na cidade. “Os sambistas solicitaram e nós estamos trazendo de novo o Marquinho para se apresentar aqui”, confessa Beto Cezar.

Apesar do Dia Nacional do Samba ser o 2 de dezembro a festa oficial em comemoração ao dia só vai acontecer sexta feira dia 3 durante a apresentação da Fina Flor do Samba. “De inicio estava marcado o show “Desafio do Samba” entre o Bainha e o Silvio Santos, porém como o Silvio encontra-se viajando a serviço da Secel e só retorna justamente sexta feira, ficou inviável a realização do espetáculo musical com o Bainha”, disse Ernesto Melo.

Dados Artísticos de PQD

No ano de 1983, o grupo Fundo de Quintal interpretou de sua autoria "Fases do amor", em parceria com Chiquinho e Fernando Piolho. No ano seguinte, Beth Carvalho interpretou "Coração feliz" (c/ Adilson Bispo e Gerson do Vale). A música deu nome ao disco da cantora, que foi lançado pela RCA Victor.

No ano de 1987, outra composição de sua autoria, em parceria com Franco e Arlindo Cruz, "Luz do Repente", deu nome ao disco de Jovelina Pérola Negra, lançado pela gravadora RGE. Neste mesmo ano, o grupo Fundo de Quintal gravou de sua autoria "Já foi uma família", em parceria com Franco e Arlindo Cruz. No ano seguinte, em 1988, Beth Carvalho gravou "A sete chaves" (c/ Franco e Arlindo Cruz), em seu disco "Alma do Brasil".

Em 1989, Reinaldo interpretou "Pra ser minha musa" (c/ Chiquinho e Arlindo Cruz) e Beth Carvalho gravou "Sonhando eu sou feliz", em parceria com Franco e Arlindo Cruz, no LP "Saudades da Guanabara". Neste mesmo ano, sua composição "Pagode de família" (c/ Fernando de Lima e Franco) deu título ao disco do grupo Sampa. Ainda neste ano, Fundo de Quintal interpretou de sua autoria "Se você me der a mão" (Chiquinho e Arlindo Cruz) e "Não valeu", parceria com Franco e Arlindo Cruz. No ano seguinte, em 1990, Bezerra da Silva incluiu "Se não avisar o bicho pega" (c/ Marcinho e Jorge Carioca) no disco "Eu não sou santo", pela gravadora RCA.

No ano de 1991, no disco "Intérprete", Beth Carvalho incluiu "Olhos da paixão" (c/ Sombra e Sombrinha). Neste mesmo ano, a cantora gravou ao vivo o disco "Ao vivo no Olympia", pela Som Livre. Neste disco, incluiu várias composições de sua autoria: "Sonhando sou feliz", "Salve a natureza" (c/ Gígio e Bebeto di São João), e "A sete chaves".

Em 1996, sua composição "Deixa clarear" (c/ Sombrinha e Arlindo Cruz) deu título ao disco de Zeca Pagodinho, lançado pela PolyGram.

Em 1999, Luizinho SP, no CD "Departamento do pagode", pela gravadora Velas, gravou de sua autoria "Me deixa", em parceria com Serginho Procópio e Acyr Marques.

Em 2000, Zeca Pagodinho interpretou em seu disco "Ao vivo", a composição "Luz do repente", de sua autoria. Ainda neste ano, o samba-enredo "Verde, amarelo, azul-anil, colorem o Brasil do ano 2000", em parceria com Dico da Viola, Jefinho e Marquinho Índio, foi cantado na avenida, representando a Mocidade Independente de Padre Miguel.

No ano de 2001, sua composição "É sempre assim", em parceria com Arlindo Cruz e Sombrinha, foi gravada no CD "Ao Vivo, de Arlindo Cruz & Sombrinha". Neste mesmo ano, Jorge Aragão no CD "Todas", pela gravadora Indie Records, incluiu de sua autoria "Abuso de poder", parceria com Carlito Cavalcanti.

Em 2003, o grupo Revelação, no disco "Samba de raiz 3", regravou a composição "Luz do repente.

O show do Marquinho PQD está marcado para começar as 22h30 no Marcado Cultural em homenagem ao Dia Nacional do Samba que será festejado em Porto Velho dentro da programação da Fina Flor do Samba.

Fonte: Zekatraca
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio