Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Marchinha de Waldison Pinheiro representará Porto Velho no concurso regional em Manaus


Marchinha de Waldison Pinheiro representará Porto Velho no concurso regional em Manaus - Gente de Opinião

Marchinha de Porto Velho é classificada no Rede Folia

“...Quem foi que disse /Que pode descer a lenha /Nem venha, nem venha / De agora em diante tem a Lei Maria da Penha...” (trecho da Marchinha)  

Waldison Pinheiro, natural de Porto Velho, escreveu sua marchinha de carnaval denominada "MELÔ DA MARIA DA PENHA" no Concurso Cultural de Marchinhas de Carnaval, promovido pelo programa Paneiro da Rede Amazônica, que teve as inscrições abertas até o último, dia 9 de fevereiro.  

A marchinha chama atenção para o grau alarmante de violência contra as mulheres e que hoje assusta pelo alto índice de feminicído. Além disso, em sua composição, Waldison chama atenção e faz um alerta aos machões de plantão, que usam da força física para agredir mulheres, dizendo: “...Cuidado com a Lei Maria da Penha...”

“O carnaval é um bom momento para levar esta mensagem, pois a folia de momo envolve alegria e ela, a alegria, tem na sua essência a obrigação de transmitir felicidade, o Amor e a Paz.  Diz Waldison Pinheiro autor da marchinha, que nesta disputa representa Porto Velho (RO).  

Após as inscrições a produção do programa pré-selecionou 12 músicas, sendo três de cada estado (Amapá, Amazonas, Rondônia e Roraima). Das doze selecionadas, quatro composições estão para a votação do público, que se estenderá até o dia 16/02 (sábado) no Gshow, neste mesmo dia o vencedor será anunciado ainda durante o programa Paneiro, ao vivo. No sábado seguinte (23/02), o vencedor estará em Manaus no Palco do Paneiro.

É importante Baixar o aplicativo Gshow, acesse e vote no "MELÔ DA MARIA DA PENHA", de Waldison Pinheiro.  

Conheça a letra da Marchinha que representa o estado de Rondônia e é um Basta contra a violência e um Grito de Paz.

MELÔ DA MARIA DA PENHA de Waldison Pinheiro:

 

Quem foi que disse 

Que pode descer a lenha

Nem venha, nem venha

De agora em diante tem a Lei Maria da Penha

Nem venha, meu bem, 

Nem venha

 

Antigamente era um disse me disse

Que a mulher do tal malandro

Só vivia a apanhar

Mas hoje em dia o malandro não se engana

Se ele bater na mulher

Ele vai em cana

 

Quem foi que disse

Que pode descer a lenha

Nem venha, nem venha

De agora em diante

Tem a Lei Maria da Penha

Nem venha meu bem

Nem venha

 

Se seu amor 

Não lhe quer mais

Deixa a mulher viver em paz

Não adianta descer a lenha

Cuidado com a Lei Maria da Penha

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio