Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Livro Biografia do Futebol


No próximo dia 4, o escritor José Martins de Oliveira com o apoio da Secel, oferece coquetel na Casa da Cultura Ivan Marrocos, às 19 horas, durante lançamento do livro "Biografia do Futebol", um trabalho de pesquisa, que durou três anos e que mostra com detalhes a história dos nosso clubes e times de futebol. José Martins se preocupou apenas com a pesquisa sobre a fundação a escalação dos melhores times de cada clube, porém, solicitou aos mais abalizados cronistas, comentarista e locutores esportivos, que escrevessem algumas histórias vividas por esses profissionais o que enriquece com detalhes a publicação.

Outro detalhe que chama atenção é o que destaca as história pitorescas contadas por alguns desportistas: "Chiquinho: Excelente Árbitro de futebol melhor ainda atuava como bandeirinha, e só não podia bandeirar os jogadores do Ferroviário porque era um ferrenho torcedor do time, tanto que, num jogo Ferroviário X não me lembro quem, aconteceu um fato interessante. O Ferroviário, fez um gol, exatamente do lado que Chiquinho bandeirava. Chiquinho não se contendo saiu pulando de bandeira em punho, todo sorridente", história contada por José Cavalcante.

Biografia do Futebol, lembra que o União Esportiva foi o primeiro clube de futebol, existente em Porto Velho, sua fundação aconteceu no dia 11 de junho de 1916. O clube treinava no campo da Baixa da União e jamais conseguiu fazer um jogo oficial, porque não existia adversário.

O livro "Biografia do Futebol", vai estar a disposição ao preço de 25 reais o exemplar durante o coquetel que acontece na Casa da Cultura Ivan Marrocos no dia 4 próximo

Fonte: Sílvio Santos

Mais Sobre Cultura

Prefeitura realiza cadastramento de agentes da cultura

Prefeitura realiza cadastramento de agentes da cultura

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Fundação Cultural e em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), projeto Mesa Brasil d

Mãe cabocla, mãe brigadeira

Mãe cabocla, mãe brigadeira

Minha mãe era cabocla, era beiradeira,Não estudou, não teve tempo nem oportunidade para isso.Mas foi perfeita!Foi disparada a melhor mãe do mundo, sel

MÃE

MÃE

Ah, mãe! Palavra tão pequenina, mas de significado infinito....

Um artista de Rondônia está entre os contemplados no Arte como respiro

Um artista de Rondônia está entre os contemplados no Arte como respiro

O Itaú Cultural acaba de divulgar em seu site (www.itaucultural.org.br) os selecionados para o primeiro edital da série Arte como respiro: múltiplos e