Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Lenha na Fogueira - Por Zekatraca


Lenha na Fogueira


Como não publicamos a coluna na edição de ontem, só agora vamos tecer alguns comentários, sobre os acontecimentos do final da semana passada.

*******
A grande novidade foi que o cantor e compositor Beto Cezar voltou a se apresentar no Mercado Cultural, ele e o Nilson do Cavaco. Melhor ainda, na primeira apresentação da volta, muita gente prestigiou a Roda de Samba.


********

Como nem tudo são flores, a nota triste veio com o falecimento do Pedrão. Pedro Alvares Feitosa. Muito antes de abrir o restaurante Tucunaré Pedrão foi lutador de Vale Tudo.

Gente de Opinião

Foto de Anísio Gorayeb (E) entrevistando Pedrão do Remanso do Tucunaré(D)

Reveja AQUI (vídeo em wmv) a entrevista de Pedrão do Remanso do Tucunaré, concedida em 20/06/2010 ao jornalista Anísio Gorayeb no Quadro “Historias da Nossa Terra”, no antigo programa VIVA PORTO VELHO.

*******

Quantas vezes eu ainda adolescente, presenciei no ringue armando no palco do Cine Lacerda ou na quadra do Ferroviário Pedrão batendo e apanhando de adversários como Massa Bruta (Sabará) ou então do Bola Sete.

********
Depois resolveu se transformar em empresário e abriu o Restaurante Tucunaré em 1967, o primeiro especializado na culinária beradeira. Até hoje e lá se vão 49 anos continua servindo a famosa caldeirada de tucunaré e a costela de tambaqui frita.

********
Foi o idealizador da Boate Cambuquira que funcionava no prédio em frente ao Tucunaré, Tudo na rua Brasília.

********
Quando ainda comandava o restaurante Pedrão tinha a mania de gravar nas paredes do ambiente, nomes dos fregues que ele considerava importantes. Até hoje estão lá, são centenas de nomes. Vai lá conferir.

*******
Ultimamente, até antes de adoecer, ficava em frente a sua residência aos sábados a tarde/noite, apreciando a roda de samba que a turma da escola de samba Asfaltão promove no bar do Calixto.

*******
Apesar de sisudo, jamais tratou mal alguém, era uma pessoa simples e do bem. Pessoas como o Pedrão podem ser consideradas ou são os verdadeiros Pioneiros de Rondônia.

********
No Tucunaré tudo quando foi autoridade que visitou Rondônia, de presidente da república brasileira a dirigentes estrangeiros provou da caldeirada de tucunaré e da costela de tambaqui frita.

*********
Pedrão deixa saudades! Descansa em paz guerreiro! Quando o Asfaltão contou a história do Santa Barbara Pedrão desfilou na escola. Só pra registrar, ele era Diplomatas do Samba.

 
*******
Outro evento que marcou o final da semana passada, foi o Debate promovido pela SIC TV. Ali o “pau” quebrou entre alguns candidatos. Pena que de acordo com as normas das eleições 2016, os candidatos não podem contar com patrocínios de empresas e assim sendo, a torcia em frente a sede da televisão foi muito pouca.

 

Gente de Opinião

*******
Quando escrevo pouca, quero dizer que não contou com militantes de todos os candidatos, pelo que vi apenas dois candidatos conseguiram colocar seus correligionários bandeirando. Uma coisa é certa. O pleito não está nada decidido.


********
Apesar da última pesquisa do Ibope apontar o empate entre os candidatos Léo Morais e Mauro Nazif, nada está decido, qualquer um dos postulantes a prefeito do município de Porto Velho pode chegar ao segundo turno.

*******
Até o Pimenta de Rondônia. Não sei se os leitores lembram, na primeira eleição do Roberto Sobrinho ele tinha de acordo com as pesquisas apenas 5% de chance, resultado, se elegeu prefeito e foi reeleito.

*******
O Dr. Hilton Chaves pra mim foi o melhor no Debate, mas agiu muito tarde mesmo assim, quem sabe consegue chegar.

*******
Quem está subindo pelas paredes é o candidato Williames Pimentel. Com o apoio do governador Confúcio Moura que, inclusive, está participando ativamente da campanha, tem tudo para superar a rejeição e chegar lá. Isso se o eleitor não tomou conhecimento das denúncias feitas pelo candidato do PSDB.

********
Roberto Sobrinho cujo julgamento até o fechamento dessa coluna as 17h30, ainda não havia terminado. Caso seja absolvido var dar trabalho.


 

Lenha na Fogueira - Por Zekatraca - Gente de Opinião

********
É como dizem no popular: Domingo tudo pode acontecer, inclusive NADA!




Festival ocupa Oi Futuro com performances

Lenha na Fogueira - Por Zekatraca - Gente de Opinião

O jornal Diário da Amazônia através de sua editoria de cultura marcara presença neste final de semana no Festival Mais Performance como um dos convidados especiais da Oi Futuro em Ipanema no Rio de Janeiro.

O festival apresenta trabalhos de 10 artistas nacionais e internacionais, que ao longo de três dias realizarão performances ao vivo para o público. Além disso, durante um mês, duas exposições ficarão em cartaz no centro cultural, incluindo uma mostra individual do artista austríaco Peter Weibel, um dos pioneiros na experimentação da arte e tecnologia, considerado um dos principais artistas mundiais na arte da performance.

Intitulada Peter Weibel: The Messenger, a mostra traz pela primeira vez ao Brasil, vídeos e fotos de performances da década de 1960 e 1970, além de trabalhos de poesia visual do artista. Todos os trabalhos são da coleção do ZKM – Centro de Arte e Mídia, em Karlsruhe, um dos mais importantes museus dedicados a arte e tecnologia do mundo.

A intensa programação trará ao público, experiências novas e artistas que abordam questões que vão do ritual ao tecnológico, abrindo novas perspectivas sobre a arte dos nossos dias.

Com curadoria de Caroline Menezes e direção de produção de Tathiana Lopes, a proposta do festival Mais Performance é apresentar diferentes facetas do que já é historicamente conhecido na arte da performance e novas tendências no campo desta manifestação artística. Por isso, o projeto tem como objetivo mostrar criações performáticas que transbordam o escopo das artes visuais e do corpo e abarcam a interdisciplinaridade como tendência e influência. O festival também pretende justapor passado e presente, trazendo a exposição de um artista que já tem mais de 50 anos de trajetória no campo da performance, Peter Weibel, e nomes estabelecidos e novos da arte contemporânea que experimentam com essa linguagem.

Participam da programação, além de Peter Weibel, a inglesa Flora Parrott e a francesa Anne Rocquigny, os artistas brasileiros Túlio Pinto, Arthur Scovino, Wellington de Oliveira Júnior (Tutunho), Gabriela Noujaim, Marcella França, Debora Santiago, e o artista sergipano radicado em Berlim, Leandro Goddinho.

O Festival Mais Performance é realizado pela Cardápio de Ideias Comunicação e Eventos e Oi Futuro, e conta com o patrocínio da Oi, do Governo do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.




Livro infantil conta com elementos nada convencionais

Lenha na Fogueira - Por Zekatraca - Gente de OpiniãoEnredos de super-heróis que combatem vilões todos nós já conhecemos. No entanto, o conceito sobre esse tipo de história mudará com a leitura de Esquilo Boy vs. Homem-Meleca, livro escrito pelo inglês Dave Lowe e publicado no Brasil pela Editora Salamandra. Essa divertida trama se desenrola em torno de Walter Kettle, um menino normal como qualquer outro; sua mãe, Angela Kettle; Sra Onions, a velha senhora vizinha de Walter e Jeremy Winkleman-Grubb, um marmanjo sem rumo.

Tudo começa quando ocorre um acidente nuclear nas imediações da casa de Walter e, durante o incidente, um esquilo que estava ali por perto atrás de algumas avelãs foi contaminado com o material altamente radioativo. Mais tarde, Walter acaba tendo contato com o aparentemente inofensivo esquilo e a partir dai vê sua vida mudar drasticamente: estranhamente passou a ter uma cauda peluda e desenvolveu uma incrível capacidade de roer. Bastava comer o fruto seco que ele logo se transformava no Esquilo Boy!

Do outro lado da cidade estava Jeremy, um rapaz na casa dos 30 anos que tinha o terrível hábito de cutucar o nariz. Além disso, era um cara preguiçoso que pensava em milhares de maneiras de ganhar dinheiro sem fazer esforço. Assim como aconteceu com Walter, Jeremy, sem querer, teve contato com a radioatividade e isso o transformou em nada mais, nada menos que o Homem-Meleca. Dotado de habilidades para lá de pegajosas, o rapaz passou a cometer os mais diversos crimes para acumular riquezas. O que ele não sabia é que o Esquilo Boy passaria a utilizar suas habilidades peludas e roedoras para combater o mal e salvar a cidade de uma grande meleca!

Esquilo Boy Vs. Homem-Meleca é um livro pensado para crianças na faixa dos oito a dez anos e que estão desenvolvendo o gosto pela leitura. Com capítulos objetivos, criatividade e muito bom humor, o autor Dave Lowe promete uma reinvenção bem humorada das tramas de super-heróis por meio de uma escrita que promete prender a atenção do leitor do início ao fim. A edição brasileira conta com tradução de Luciano Vieira Machado.

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio