Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

“LAS CABAÇAS LEVAM O ESPETÁCULO “O DIA DA CAÇA” A VÁRIAS CIDADES DA REGIÃO AMAZÔNICA”


 “LAS CABAÇAS LEVAM O ESPETÁCULO “O DIA DA CAÇA”  A VÁRIAS CIDADES DA REGIÃO AMAZÔNICA” - Gente de Opinião

O espetáculo “O Dia da Caça” é fruto do encontro artístico entre Las Cabaças e os também palhaços Esio Magalhães e Lily Curcio. Foi contemplado pelo Prêmio Funarte Artes nas Ruas/2013, que propiciou a residência artística de Esio Magalhães durante 20 dias na região do Baixo Amazonas (sede da dupla) para pesquisa prática e levantamento de dramaturgia, material que foi trabalhado posteriormente pela diretora Lily Curcio em um trabalho intensivo realizado na cidade de Campinas/SP.

O espetáculo tem como tema uma típica caçada. Usa elementos da palhaçaria clássica no contexto amazônico, como vocabulário da região, objetos cênicos (a boroca, a canoa, o arco e a flecha e o terçado) e situações típicas do universo ribeirinho, fazendo presente além do humor, a delicadeza e sensibilidade das atrizes diante dos assuntos abordados.

A pré-estreia do espetáculo aconteceu em junho de 2016 na comunidade de Manelito, às margens do Rio Iriri, afluente do Rio Xingu, no Pará, buscando colocar a peça à prova, diante do público que mais conhece sobre o assunto. Já no mês seguinte, estreou oficialmente em São Paulo no Sesc Pompeia, como parte da Mostra Las Cabaças 10 anos.  Em outubro de 2016, percorreu 2 comunidades do Rio Tajapós, no Pará e em novembro integrou a programação do 1º Festival das Águas de Alter do Chão no mesmo estado. Em 2017 o espetáculo percorreu diversas unidades da rede Sesc no estado de São Paulo.

Em 2018, a dupla dá continuidade à itinerância pela região amazônica e iniciam a circulação de “O Dia da Caça”, contemplado pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2017/2018, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). Em abril o espetáculo circulou pelo estado do Amazonas, passando pelas cidades de Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Santa Isabel do Rio Negro; em julho chegou ao estado do Acre passando pela capital Rio Branco, e pelos municípios de Xapuri e Cruzeiro do Sul; em outubro foi para Roraima, visitando as cidades de Boa Vista e Alto Alegre, e em fevereiro de 2019 finaliza a circulação Petrobras no estado de Rondônia, passando pela capital Porto Velho e pela cidade de Ji-Paraná.

As apresentações do espetáculo acontecem sempre em praças e escolas públicas, tendo como medida de acessibilidade a tradução em libras, todas as atividades do projeto são gratuitas ao público, como a “Oficina de Palhaçaria” na capital e a palestra “Las Cabaças Contam” em escolas públicas nas cidades do interior do estado. Em todas as cidades por também são realizados encontros com os artistas locais, como forma de realizar um intercâmbio artístico para trocas de experiências sobre o fazer cultural.

Sinopse:

As caçadoras Bifi e Quinan, famintas há 3 dias, passam uma noite na floresta seguindo rastros de bichos e procurando avidamente por comida, subindo e descendo rios em sua canoa e aprontando diversas confusões em terra firme. Um misterioso e temido animal as enfeitiça mudando o curso da história.

Duração:

55 minutos

Ficha Técnica

Elenco: Juliana Balsalobre e Marina Quinan

Roteiro: Esio Magalhães (Barracão Teatro), LilyCurcio (Seres de Luz Teatro), Juliana Balsalobre e Marina Quinan

Direção: LilyCurcio (Seres de Luz Teatro)

Trilha Sonora: Alan Chetto e Henrique Rimoli

Iluminação: Edu Brasil

Figurinos: David Taiyu e Sueli Andrade

Adereços: Davi Pantoja (Cobra), Daniel Salvi (Lanterna-Cabaça), Rafael Pellota e BetaniaSpangemberg (Canoa).

Produção: Nascedouro Gestão Cultural, Namazônia Associação e Las Cabaças

Realização: Ministério da Cultura – Lei Rouanet

Patrocínio: Petrobras

 

Sobre Las Cabaças:

A dupla Las Cabaças é formado pelas palhaçasBifi (Juliana Balsalobre) e Quinan (Marina Quinan). As atrizes se conheceram em 1995, quando se formaram no Teatro-Escola Célia Helena em São Paulo. Foram professoras de teatro para crianças e adolescentes na Casa do Teatro na cidade de São Paulo e atuaram em hospitais públicos da capital paulista pela organização não-governamental Doutores da Alegria, onde formalizaram seu trabalho como dupla.

A pesquisa da dupla se concentra nas formas deintervenções em espaços públicos e no cotidiano de comunidades no interior do Brasil, visando a troca humana e cultural e buscando transformar as experiências vividas em roteiros teatrais através da linguagem da palhaçaria. Dessa pesquisa surgiram 3 espetáculos de repertório: “Semi-Breve”, “Divagar e Sempre” e “O Dia da Caça”.

Desde 2006 as artistas mergulham numa pesquisa prática na região amazônica, visitando comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas, realizando apresentações e intervenções artísticas, sempre com a linguagem da palhaçaria clássica, buscando a troca humana e cultural, aprendendo o modo de vida, palavra, gestos e histórias.

 

Serviço

Espetáculo “O Dia da Caça” -  apresentações gratuitas com tradução em Libras:

Em Porto Velho - dia 22/02/2019, sexta-feira, às 19h - Local: Praça do Bairro São Sebastião - Endereço: Rua Olavo Bilac, 1378-1420 – Bairro São Sebastião

Em Ji-Paraná – dia 24/02/2019, sexta-feira, às 18h – Local: Praça do Teatro Dominguinhos – Endereço: Av. Marechal Rondon, 295 - Centro

Oficina de Palhaçaria – inscrições gratuitas de 01 a 12/02/2019 pelo e-mail bifiquinan@gmail.com - Limitada a 25 vagas.

Dias 18,19 e 20/02/2019, de segunda a quarta-feira, das 19h às 22h, no espaço Tapiri - Endereço: Rua Franklin Tavares, 1353 – Bairro Pedrinhas – Porto Velho – RO.

Las Cabaças Contam – Um encontro com os artistas locais :

Dia 21/02/2019, quinta-feira, às 19h, no espaço Tapiri - Endereço: Rua Franklin Tavares, 1353 – Bairro Pedrinhas – Porto Velho – RO.

Dia 25/02/2019, segunda-feira, às 19h, no Teatro Municipal Dominguinhos - Endereço: Av. Marechal Rondon, 295 - Bairro Centro - Ji-Paraná – RO.

Mais Sobre Cultura

Cia de Artes Evolução participa do aniversário de Humaitá

Cia de Artes Evolução participa do aniversário de Humaitá

Nesta semana a Cia de Artes Evolução apresentou-se em Humaitá, no estado do Amazonas. O espetáculo infantil “Festa dos Meus Sonhos” foi uma das atra

Equipes do Colégio Sapiens homenageiam povos indígenas na 11ª Olimpíada de História

Equipes do Colégio Sapiens homenageiam povos indígenas na 11ª Olimpíada de História

12 estudantes do Colégio Sapiens, em Porto Velho, formam quatro equipes participantes da 11ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), que em

Artista plástica Maria Antônia lança o livro infantil “Aruaçu, o Sapo Cantador”

Artista plástica Maria Antônia lança o livro infantil “Aruaçu, o Sapo Cantador”

Será lançado na livraria Leitura, no Shopping Porto Velho, na sexta-feira, dia 17, às 18h30, o livro infantil “Aruaçu, O Sapo Cantador”, de autoria

Asfaltão terá final de semana de muita festa

Asfaltão terá final de semana de muita festa

FEIJOADA DA MAMÃEA feijoada em homenagem às mamães, acontecerá neste sábado dia 10 de maio, a partir das 12hs, na Tenda do Tigre, localizada na rua Ja