Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Iphan confirma revitalização do Forte Príncipe



O resgate do patrimônio histórico material e imaterial rondoniense está sendo priorizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Entre os projetos que estão no plano de trabalho do Iphan está a revitalização do Forte Príncipe da Beira- monumento histórico nacional- localizado em Costa Marques.  Todo o trabalho de pesquisa histórica já foi realizado por arqueólogos, biólogos, engenheiros e arquitetos especialistas em construções do Século 18. Inicialmente a restauração arquitetônica inclui projeto de drenagem e saneamento das edificações, e a estabilização estrutural.

A informação foi repassada pelo presidente do Iphan, Luis Fernando de Almeida durante visita ao Forte Príncipe da Beira. "Este projeto não se concretiza com a revitalização. Além da preocupação com a preservação deste monumento histórico, precisamos viabilizar um programa de integração regional, nacional e também internacional, considerando a proximidade com a Bolívia", defendeu Almeida que estava acompanhado da deputada Federal Marinha Raupp (PMDB). Além do município de Costa Marques, Almeida também visitou os municípios de Porto Velho, Guajará Mirim, Costa Marques e Ariquemes.

Em Costa Marques, o representante do Iphan também recebeu pedido de registro de bem cultural de natureza imaterial para a Festa do Divino Espírito Santo do Vale do Guaporé. Luis Fernando que participou da 115ª edição das celebrações religiosas ficou surpreso com a grandiosidade cultural do evento que conta com a participação de centenas de comunidades ao longo do Rio Guaporé. Segundo ele, a preservação desta tradição só foi possível graças ao comprometimento da comunidade em transmitir a tradição aos filhos e netos por meio do envolvimento das crianças nas celebrações.

De acordo com o superintendente Beto Bertagna, a visita do presidente do Iphan a Rondônia faz parte da estratégia de fortalecimento da identidade do Instituto junto aos poderes constituídos e a comunidade local. "Estamos trabalhando pelo resgate histórico, mas também para criar uma maior consciência sobre o valor cultural que estes monumentos têm para a preservação da memória dos rondonienses. As pessoas precisam conhecer o valor histórico destes bens".

No roteiro também foi incluído vistorias in loco aos trabalhos de resgate dos sítios arqueológicos das áreas de construção das hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau. Luis Fernando vistoriou as obras e também os projetos que estão sendo executados para assegurar o resgate de peças e objetos das antigas civilizações. Na avaliação do presidente do Iphan, o trabalho de estudo, resgate e preservação que está sendo realizado na área das usinas vai constituir em documento que será referência para a história regional.

A deputada Marinha Raupp classificou a visita do presidente do Iphan como sendo fundamental para consolidar os projetos que o instituto tem para o estado de Rondônia. Segundo a parlamentar, por intermédio do Iphan abre-se uma perspectiva de integrar o resgate patrimonial histórico e o desenvolvimento destas regiões que estão a margem do processo de desenvolvimento. Como exemplo, Marinha Raupp citou o município de Guajará Mirim e Costa Marques que detém espaços históricos a serem resgatados e preservados.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Cultura

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Sonhos de MarçoPorto de sons e sonhos...Em marçouma paisagem sonorade cantos...um cenário a partecenas se repartem ese juntam em melodiasdiferentesDe

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

Porto Velho, RONDÔNIA - Ainda sem local adequado para se instalar e funcionar como em décadas atrás, a nova diretoria da Associação dos Ferroviári

Projeto Sesc Mulher promove um mês inteiro de atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher

Projeto Sesc Mulher promove um mês inteiro de atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher

Em celebração ao Dia Internacional da Mulher (08 de março), o Sesc em todo o Brasil prepara diversas programações sociais. As atividades têm como

Agenda Cultural; Projeto Canta Mulher leva ao palco Show Musical “Sonho Meu”

Agenda Cultural; Projeto Canta Mulher leva ao palco Show Musical “Sonho Meu”

Numa homenagem a Dona Ivone Lara e outras divas do samba, o projeto Canta Mulher 2019, apresenta nos dias 07, 08 e 09 de março o Show Musical “Sonho