Porto Velho (RO) sábado, 22 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

IPHAN, ASFEMM, MP, MPF e prefeitura decidem reforçar segurança na E.F.M.M


 IPHAN, ASFEMM, MP, MPF e prefeitura decidem reforçar segurança na E.F.M.M - Gente de Opinião

Porto Velho, RONDÔNIA – Pela vez primeira, os ministérios Público Estadual e Federal, em conjunto com o IPHAN, a Associação dos Ferroviários (ASFEMM) e o município, decidem conter o furto de peças históricas no Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM).

Tanto é assim que, nesta segunda-feira (20), reunião técnica entre esses órgãos de controle do Estado e da União,  mais a representaçaõ dos ferroviários, ocorreu no Ministério Público Federal (MPF) para tratar do assunto, tendo a questão segurança dominado o debate.

– Precisamos dar um basta no sumiço de peças e outros bens da EFMM”, afirmou o Vice-presidente da ASFEMM, George Telles, “O Carioca”. Puxada pelo MPF, na pessoa da procuradora da Repúbica, Gisele Blegge, o debate contou com a participação da promotora de Justiça Estadual, Flávia Shimizu, Geovane Barcelos (IPHAN), o museólogo Antônio Ocampo (Prefeitura) e George Telles, pela ASFEMM.

Sob os temas segurança, conservação e preservação do patrimônio ferroviário “acima de tudo”, ficou decidido que o MPF e MPE, numa ação conjunta com o IPHAN, Prefeitura e Associação dos Ferroviários, irão mobilizar todos os entes envolvidos no processo de revitalização da EFMM.

Dobrar o número de homens armados, cercar toda a área (tapumes ou gradios) e estabelecer um sistema de monitoramento de quem entra e sai dos pátios, das antigas estações ou dos imóveis, fazem parte das tratativas referendadas pelo conjunto das decisões tomadas nesta segunda 20.

– A portaria 231/2007 e o Decreto Lei 25/1937, do Regimento Interno do IPHAN, exigem a conservação, preservação e higienização das peças do acervo da EFMM, afirma Carioca.  De pronto, a Procuradora Giselle e a Promotora de Justiça Flávia Shimizu, a partir desta data, farão o chamamento dos órgãos envolvidos com a revitalização da Madeira Mamoré, a fim de que se manifestem sobre a participação de cada um na gestão do patrimônio histórico, cultural, arquitetônico e paisagístico.

Ficou determinado, ainda, que, a prefeitura, deve atuar de forma presencial cedendo mais servidores. Além de assumir a responsabilidade na administração do complexo como reza o contrato de cessão por 50 anos ao município.  Na busca do MPF e MPE por mais segurança nos ambientes (internos e externos), uma reunião conjunta será realizada com o Comando Geral da Polícia Militar. A participação do Governo do Estado, não foi descartada. Para isso, as rondas sejam feitas ostensivamente. Inclusive com homens descendo das viaturas.

Contido o roubo de peças (rodas, trilhos, geradores e a fiação elétrica das locomotivas), além de acessórios em cobre, metal e ferro maciço, o Ministério Púbico (MPF e MPE), o IPHAN, Prefeitura e a ASFEMM espera devolver a tranquilidade aos ferroviários e ao cidadão comum que ainda almeja ver o trem andar da antiga Estação até à Vila de Santo Antônio.

Mais Sobre Cultura

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

Com previsão de acontecer em agosto deste ano, a Exposição Agropecuária Festa Tecnológica de Porto Velho (ExpoPorto) promete trazer grandes novida

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

A prefeitura de Porto Velho, através da Fundação Cultural (FUNCULTURAL) preparou uma super programação de Carnaval que inclui atividades para crianças

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

O presidente da Liga dos Blocos Carnavalescos de Porto Velho Mavignier Ferro falou na manhã desta quarta-feira sobre a intenção de alguns ativistas cu

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

O poeta e ator Carlos Macedo, o Mado, apresentará, numa livre interpretação, poesias do livro ‘Sobra das Noites’ do poeta Adaides Batista, o Dadá. O e