Porto Velho (RO) sábado, 25 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

IMPASSE NA REALIZAÇÃO DO DUELO NA FRONTEIRA


A Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo realizou duas reuniões no Gabinete da Prefeitura, com a participação de representantes das Diretorias dos Bumbás Flor do Campo e Malhadinho, para discutirem a realização do XIX Festival Folclórico, sendo uma na sexta-feira, 21, e outra nesta última segunda-feira, 24, por volta das 14 horas.

A discussão da reunião de sexta-feira, entre os representes das agremiações e a equipe técnica da SEMCET, transcorreu em clima amistoso, onde todos os presentes - grêmios culturais e municipalidade - assumiam o compromisso de realizar o festival, assim como, afinaram discurso para participarem de reunião convocada pelo Ministério Público, também realizada no final da manhã de segunda-feira, 24.

O encerramento da reunião do MP foi marcado por um impasse que posicionou em lados opostos Flor do Campo e Malhadinho, quando se colocou na pauta de discussão a possibilidade de adiamento da realização do Festival, para primeira semana de setembro, em razão da falta de recursos financeiros e do tempo exíguo para confecção das alegorias, fantasias, cenários e adereços.

O que tem dificultado o início dos trabalhos nas duas agremiações de Bumbás e que, até a presente data, o Governo do Estado não sinalizou se irá fazer algum repasse e quais são os valores a serem disponibilizados para compra do material necessário para montagem do espetáculo artístico em si.

Nem o Flor do Campo e nem Malhadinho dispõe de recursos públicos para aquisição de ferragem, tecidos, penas, plumas, cola, pedrarias, sementes, dentre outros materiais necessários para por na arena do Bumbódromo o espetáculo de cada boi.

A discussão iniciada no MP continuou no período da tarde, no Gabinete da Prefeitura. A Diretoria do Flor do Campo é favorável a manutenção dos dias 9, 10 e 11 de agosto. “Historicamente, o Festival sempre aconteceu na segunda semana do mês de agosto”, afirmou irredutível, a Diretoria do Boi do Tamandaré, defendendo a tradição da data.

A Nação Azul e Branca alega que não há tempo para realização de um trabalho bem elaborado, com qualidade, em respeito ao dinheiro do contribuinte e ao público que gosta de um bom e criativo espetáculo. A equipe do Malhadinho condicionou a participação do bumbá da comunidade de Santo Antônio, somente se for possível adiar o evento para o mês de setembro.

Diante do posicionamento da Diretoria do Boi-Bumbá Flor do Campo, representada pelas Senhoras Ivete Manussakis e Estelina Cunegunes, e pelo Assessor Jurídico da Agremiação, Dr. Erick Allan, os representantes do Boi-Bumbá Malhadinho se retiraram da mesa de negociação, afirmando que estão fora do XIX Festival Folclórico de Guajará-Mirim.

O Diretor da Empresa VW Iluminação, Senhor Vando Silva Barros, responsável pela capitação de recursos financeiros para realização do Festival, concordando com a Diretoria do Malhadinho, também se retirou do recinto, comunicando que está fora do Duelo da Fronteira 2013.

No entendimento da Prefeitura Municipal de Guajará-Mirim, a inviabilidade do Festival, ou realização parcial, não é bom negócio para cidade, para brincantes, para o comércio, para o turista e, menos ainda, para identidade cultural da região.

A SEMCET defende que a ampliação da discussão, buscando se ouvir representantes das redes hoteleiras, de restaurantes, bares e lanchonetes, os brincantes, artistas, artesão e a população, é uma medida sensata e viável, para de uma forma equilibrada, racional e coletiva, se decidir sobre o Festival Folclórico da Pérola do Mamoré.

Fonte: Ariel Argobe
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio