Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Grupo 'O Imaginário' é selecionado 1ª edição do Teatro Itaú Cultural



Com o apoio da prefeitura de Porto Velho grupo “O Imaginário” é selecionado para 1ª edição do Teatro Itaú Cultural

Na semana passada saiu a lista dos projetos selecionados na primeira edição (2010-2012) do programa “Rumos de Teatro Itaú Cultural”, que tem a finalidade de promover o intercâmbio entre teatros de grupo de todas as regiões do país, incentivando o convívio, a troca e o compartilhamento de formas coletivas de criação, contribuindo para seu amadurecimento, formação e articulação no cenário cultural brasileiro. Os projetos foram selecionados por comissões autônomas, compostas por especialistas de vários Estados brasileiros e um representante nacional do Itaú Cultural.

O grupo de Rondônia “O imaginário”, que tem o apoio da prefeitura de Porto Velho, foi um dos selecionados e a notícia foi recebida com muita alegria pelo seu idealizador Chicão Santos, que se encontra em Olinda (PE), fazendo uma circulação nacional com o espetáculo “Filhas da Mata”, como também pela prefeitura de Porto Velho.

O presidente da Fundação Iaripuna, Altair dos Santos (Tatá), parabenizou o grupo pelo excelente trabalho que vem realizando em toda a Amazônia, levando o nome do Estado e da capital, positivamente, para todo o país. “A prefeitura de Porto Velho que incentiva a cultura, o lazer e o esporte, tem orgulho em apoiar um grupo como este que não abandonou suas origens e não esqueceu da nossa história”, disse Altair.
O Imaginário percorre o Brasil mostrando parte da pesquisa histórica sobre a situação da mulher na formação da sociedade local, que se inicia com o Ciclo da Borracha e a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. O espetáculo estabelece um ritual de três mulheres, as Filhas da Mata, com suas memórias em que a realidade é gerada pelos mitos dos rios e da selva onde se encontram isoladas. “Somos parte de um processo que valoriza cada vez mais o simples e investiga possibilidades cênicas, misturando o local e o universal, e tudo o que vem acontecendo é algo extremamente positivo e reflete o trabalho que realizamos com responsabilidade e com muita dedicação em Porto Velho, em Rondônia e na Amazônia. Assim construímos nossa caminhada”, falou emocionado Chicão Santos.

Com essa seleção, no programa Rumos de Teatro, Chicão explica que o grupo vai mergulhar numa pesquisa teatral, denominada: - a oralidade e a cameloturgia uma pesquisa cênica do porto ao rio. “É um estudo e uma pesquisa cênica que envolverá prática de criação, de formação e de pesquisa histórica baseada na oralidade e de sistematização de processos dramatúrgicos da cameloturgia, entre “O Imaginário (RO) e a Cia Será o Benedito? (RJ)”.

O Imaginário só retorna à Porto Velho no dia 19 de novembro e logo depois fará uma jornada sobre as águas, que vai sair no dia 22 de novembro de Porto Velho e termina dia 22 de dezembro de 2010, na cidade de Manaus (AM).

Fonte: Meiry Santos
 

Mais Sobre Cultura

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

O presidente da Liga dos Blocos Carnavalescos de Porto Velho Mavignier Ferro falou na manhã desta quarta-feira sobre a intenção de alguns ativistas cu

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

O poeta e ator Carlos Macedo, o Mado, apresentará, numa livre interpretação, poesias do livro ‘Sobra das Noites’ do poeta Adaides Batista, o Dadá. O e

Cia de Artes Evolução participa do projeto  Nossa Energia

Cia de Artes Evolução participa do projeto Nossa Energia

A Cia de Artes Evolução, uma das mais atuantes companhias de teatro do estado de Rondônia, participa do projeto “Nossa Energia”, desenvolvido pela E

Cirurgião de Rondônia relata sua trajetória em livro

Cirurgião de Rondônia relata sua trajetória em livro

O médico cirurgião Paulo Gondim acaba de publicar o livro Ser Cirurgião – Missão de Vida, onde relata sua trajetória profissional ao longo de quase