Porto Velho (RO) sexta-feira, 24 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Graduandos da Fimca usam a arte como terapia contra a depressão


 Graduandos da Fimca usam a arte como terapia contra a depressão - Gente de Opinião

Graduandos do curso de Terapia Ocupacional das Faculdades Integradas Aparício Carvalho (FIMCA) usam a arte para incentivar pessoas com distúrbios mentais a expressarem os seus sentimentos. A iniciativa objetiva, também, o retorno financeiro com a venda das artes para auxiliar no tratamento e evitar, com essa ação, um quadro depressivo. Coordenadas pela professora Carlota Vergínia Saueia, terapeuta ocupacional, massoterapeuta e artesã, as atividades terapêuticas começaram no Centro de Extensão Universitária da FIMCA no bairro Mariana, zona leste de Porto Velho, e agora estão sendo estendidas a outros campos de estágios. Segundo a docente, a Terapia Ocupacional é um curso que se fundamenta em outras profissões e proporciona aos pacientes, com sequelas ou patologias, funções que darão a eles funcionalidade, respeitando os limites de cada um. “O artesanato é importante no cotidiano dessas pessoas, principalmente porque serve como terapia e ajuda no desenvolvimento e capacidade motora”, diz.

O trabalho realizado pela professora Carlota Vergínia Saueia com os graduandos do curso de Terapia Ocupacional é baseado em resultados de pesquisas feitas pela psiquiatra Nise da Silveira, que se posicionou contrária às formas agressivas de tratamento em sua época e, na década de 1940, buscou inovações científicas e tecnológicas com o objetivo de sedimentar uma visão orgânica da doença mental. “Nise da Silveira pesquisou o desenvolvimento de uma prática clínica na área da Terapia Ocupacional, examinando os resultados com inteligência livre de enquadramentos limitadores. E é com base nesta liberdade de expressão que os graduandos usam a arte como metodologia contra a depressão”, mencionou a professora Carlota Vergínia Saueia. 

Fonte: Chagas Pereira

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio