Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Gestores capacitados para aquisição de merenda escolar



Parte da merenda das Escolas do município de Porto Velho será comprada dos agricultores rurais do próprio município. A medida prevista em lei federal, pretende aumentar a qualidade da merenda escolar oferecida aos alunos e também auxiliar no incremento econômico dos produtores familiares locais. É a primeira vez que a aquisição será feita conforme a legislação, salientando que, mesmo antes da normatização, a prefeitura já adotava essa prática.

Para esclarecer como se dará o processo, a divisão de Alimentação Escolar, da secretaria municipal de Educação (Diale/Semed) está ministrando um curso de capacitação para os gestores das Escolas da rede municipal de ensino, localizadas na área urbana de Porto Velho. A oficina que acontece no Centro de Formação de Profissionais da Educação, iniciou no último dia 16 e encerra no próximo dia 21. “Essa oficina é justamente para passar aos gestores das Escolas como é feito o processo”, explicou Maria Marta, chefe da Diale/Semed.

Para melhor organizar a compra dos produtos, a cidade foi dividida em quatro pólos que poderão ser procurados pelos produtores para a efetivação da venda de sua produção. No calendário do curso, cada dia é destinado a um pólo. No dia 16, o treinamento foi para os gestores das Escolas do pólo da zona Norte. Dia 17, zona Sul, dia 20, zona Oeste e dia 21, zona Leste.

Pela lei, no mínimo 30% da merenda servida nas Escolas deve ser comprada de produtores da própria cidade que se enquadram na categoria de agricultores familiares. Caso os produtores familiares locais não consigam atender à demanda, podem participar cooperativas, associações ou mesmo produtores de outros municípios.

Para participar do programa e vender a produção ao município, o produtor interessado deve participar da Chamada Pública, realizada pela secretaria municipal de Educação. A quantidade e os tipos de alimentos a serem adquiridos pelo município são especificados previamente no edital da Chamada Pública.

De acordo com a chefe da Diale/Semed, na lista dos alimentos que podem ser adquiridos constam 42 produtos e 330 produtores rurais já estão cadastrados na divisão de Alimentação Escolar, para vender seus produtos às Escolas da área urbana de Porto Velho.

Fonte: Joel Elias

 

Mais Sobre Cultura

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

Com previsão de acontecer em agosto deste ano, a Exposição Agropecuária Festa Tecnológica de Porto Velho (ExpoPorto) promete trazer grandes novida

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

A prefeitura de Porto Velho, através da Fundação Cultural (FUNCULTURAL) preparou uma super programação de Carnaval que inclui atividades para crianças

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

O presidente da Liga dos Blocos Carnavalescos de Porto Velho Mavignier Ferro falou na manhã desta quarta-feira sobre a intenção de alguns ativistas cu

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

O poeta e ator Carlos Macedo, o Mado, apresentará, numa livre interpretação, poesias do livro ‘Sobra das Noites’ do poeta Adaides Batista, o Dadá. O e