Porto Velho (RO) domingo, 31 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

FUNDAÇÃO CULTURAL IARIPUNA LANÇA DOCUMENTÁRIO


Na próxima sexta feira 16 de março de 2007, às 19:30h na Casa da Cultura Ivan Marrocos, a Fundação Iaripuna promove o lançamento do Vídeo-Documentário Quilombagem – Os Negros do Guaporé de autoria de Jurandir Costa que foi o vencedor do concurso de Vídeo-documentários inscritos no Programa DOCTVIII, no ano de 2006.

Programa DOCTV, realizado pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, Fundação Padre Anchieta / TV Cultura e Associação Brasileira das Emissoras Públicas, Educativas e Culturais – ABEPEC, com o apoio da Associação Brasileira de Documentaristas – ABD, lança os 35 documentários da Série DOCTV III e comemora quatro anos de grandes resultados.

Na edição 2006 foram inscritos 2.380 projetos de documentário em 74 Concursos Estaduais DOCTV realizados nas três edições do Programa, tendo produzido 114 documentários e gerado 3.026h de programação em Rede Pública de Televisão, promovendo a efetiva descentralização de recursos financeiros para as 27 unidades federativas, entre recursos do Ministério da Cultura e das tvs e instituições públicas estaduais ou municipais participantes da Rede DOCTV.

Foram realizadas 44 Oficinas para Formatação de Projetos, que contaram com a participação de 1.333 documentaristas, e duas Oficinas para Desenvolvimento de Projetos, que reuniram nas edições II e III os 70 autores dos projetos selecionados nos Concursos DOCTV com expoentes do documentário brasileiro, como Eduardo Coutinho, Eduardo Escorel, Maurice Capovilla, Geraldo Sarno, Jorge Bodanzky, Ruy Guerra, Giba Assis Brasil, Joel Pizzini e Cristiana Grumbach.

É também motivo de comemoração o lançamento em home video dos documentários das Séries DOCTV I e II, em ação desenvolvida pela TV Cultura, por meio da Cultura Marcas e Log On Editora Multimídia, e Coordenação Executiva do DOCTV.

O Programa DOCTV tornou-se um modelo de política pública internacional a partir do pleito da Comunidade Cinematográfica Ibero-americana à Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura para elaboração e coordenação de um Programa análogo – o DOCTV IBERO-AMÉRICA – que hoje sistematiza a co-produção e teledifusão de documentários nacionais em 15 países. Outros desdobramentos são os processos de implantação dos Programas DOCTV México, DOCTV Colômbia e DOCTV Cinergia (América Central).

Esse breve balanço de gestão é o ambiente de lançamento da Série DOCTV III, com a teledifusão semanal de 35 documentários inéditos a partir de 18 de março de 2007, sempre às 23h00 de domingo, em Rede Pública de Televisão.

No lançamento em Porto Velho do documentário Quilombagem – Os Negros do Guaporé no dia 16.03.2007, às 19:30h, alem da confirmada presença na Ivan Marrocos, de autoridades constituídas e profissionais afins à área, está sendo organizada uma programação cultural, e ao final, será oferecido um coquetel para os presentes.

A partir do dia 18 de março, inicia a série de exibições de todos os documentários premiados nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Com a Capital Porto Velho não dispõe de uma Rede de TV Educativa os documentários serão exibidos na Biblioteca Municipal Francisco Meirelles aos domingos às 17:00h, às 4ªs feiras às 17:30h. e iniciando na próxima dia 21.03.2007. Durante a semana, mais duas exibições de cada documentário serão programadas em locais alternativos e de fácil acesso

Tanto no lançamento, quanto nas exibições semanais a Iaripuna estabeleceu parceria efetiva com as Secretarias Municipais do Meio Ambiente, Educação e Assistência, SECEL – Secretaria de Estado da Cultura, Esportes e Lazer, e do CineOca – Cine Clube de Rondônia.

 

Mais Sobre Cultura

Prefeitura realiza cadastramento de agentes da cultura

Prefeitura realiza cadastramento de agentes da cultura

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Fundação Cultural e em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), projeto Mesa Brasil d

Mãe cabocla, mãe brigadeira

Mãe cabocla, mãe brigadeira

Minha mãe era cabocla, era beiradeira,Não estudou, não teve tempo nem oportunidade para isso.Mas foi perfeita!Foi disparada a melhor mãe do mundo, sel

MÃE

MÃE

Ah, mãe! Palavra tão pequenina, mas de significado infinito....

Um artista de Rondônia está entre os contemplados no Arte como respiro

Um artista de Rondônia está entre os contemplados no Arte como respiro

O Itaú Cultural acaba de divulgar em seu site (www.itaucultural.org.br) os selecionados para o primeiro edital da série Arte como respiro: múltiplos e