Porto Velho (RO) domingo, 26 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Funcultural lança em maio o 'Selo Castanheira'


 
 O Fórum Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural (FMPHC) de Porto Velho se reuniu pela quarta vez na tarde de ontem, quarta-feira (29), na sede da Fundação Cultural para tratar sobre o lançamento do Selo Castanheira, um projeto de educação patrimonial que propõe fomentar as reflexões sobre os quatro patrimônios tombados no Município – a Castanheira que fica junto ao muro do Estádio Aluízio Ferreira, Igreja de Santo Antônio, Cemitério dos Inocentes e o prédio da antiga Câmara de Vereadores.
 
 Sem citar datas, o diretor de Arte e Cultura da Funcultural, Flávio Morais, disse que o objetivo é lançar o Selo Castanheira na primeira quinzena de maio próximo. Dividido em quatro etapas, o projeto prevê a realização de palestras nas escolas para abordar o conceito e importância dos patrimônios históricos materiais e imateriais, visita aos patrimônios tombados pelo Município, concurso de redação com a mesma temática e premiação a todas as escolas envolvidas no projeto, com entrega de certificados aos alunos participantes e troféus para os estabelecimentos de ensino que ficarem nas três primeiras colocações.
 
 A princípio, segundo Flávio Morais, o Selo castanheira pretende envolver estudantes de dez escolas municipais e estaduais localizadas nas proximidades dos patrimônios tombados. Morais também explicou que o FMPHC é um espaço de participação popular, que tem por finalidade debater sobre a política municipal de valorização dos patrimônios históricos e culturais de Porto Velho. A partir dessas discussões foram criados três grupos de trabalho, o de inventário, de legislação e o de projetos.
 
Ações
 
 O grupo de inventário tem como responsabilidade a identificação e registros de todos os patrimônios históricos. Como o próprio nome já diz, o grupo de legislação vai propor regras para os tombamentos e leis pertinentes. “Já o grupo de projetos será o responsável pelas ações de valorização e promoção turística e cultural dos nossos patrimônios históricos”, acrescenta Morais.
 
Integrantes
 
Na reunião desta quarta-feira, participaram a professora da Unir, Marcele Pereira; a diretora da Divisão de Patrimônio da Funcultural, Arlene Bastos; a representante do segmento Economia Solidária, Marlene Marques; representante dos arqueólogos, Laura Cabral, além de Marcelo Ferreira e Francinete Pereira, que representaram a secretaria Municipal de Educação (Semed) e o próprio Flávio Morais.
 
Fonte:  Augusto José
 
 
 
 
 

 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio