Porto Velho (RO) domingo, 19 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Frei Molambo no agreste pernambucano



Frei Molambo, monólogo montado pelo Grupo Raízes do Porto, faz parte do 21° do Festival de Inverno de Garanhuns, que acontece no agreste pernambucano de 14 a 23 de julho. De acordo com a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), este ano foram mais de 970 propostas para a programação do evento. “Frei Molambo no agreste pernambucano - Gente de OpiniãoFicamos bem surpresos mas felizes com a seleção, porque fora os shows musicais e de cultura popular, apenas 09 espetáculos de teatro foram selecionados”, diz Suely Rodrigues, diretora artística do grupo.

O monólogo, escrito na década de sessenta pela paraibana Lourdes Ramalho (uma das mais significativas escritoras do nordeste), questiona através de um frei andarilho, o ser humano e suas ações, seus pecados, seus valores, aponta um mundo perecível, e que em meio a tantos problemas sociais, vê em uma criança, a esperança de tudo. Lourdes Ramalho, considerada como “autora proibida” durante a Ditadura Militar, traz em seu texto poeticamente construído, a realidade que se entrelaça com a ficção. A autora aponta temas na época problemáticos e que infelizmente, são os mesmos que hoje, depois de cinquenta anos de escrito, ainda estão presentes, como corrupção, egoísmo, hipocrisia e falta de compaixão.

Em Porto Velho o espetáculo estreou 2007 e cumpriu várias temporadas, participou de festivais e obteve premiações. “Frei Molambo” recebeu em 2009, cinco indicações e dois prêmios durante o Festival de Teatro da Amazônia, no palco do Teatro Amazonas, em Manaus. Indicações de melhor espetáculo, iluminação, figurino, cenário e direção e os prêmios de melhor ator e texto. "Há imagens poéticas e sutilezas bem humoradas no texto (...) uma interpretação comovente, uma direção muito precisa, tecnicamente muito bem executada, uma iluminação belíssima, de um arranjo cênico eficiente e de um texto maravilhoso”, opinião de Luiz Paulo Vasconcelos, Mestre pela State University of New York, ator, diretor teatral, dramaturgo, poeta e historiador brasileiro, mediador dos debates que fizeram parte da programação do festival no Amazonas.

Com exceção da diretora do espetáculo, mais uma vez o grupo segue para o festival por conta própria e se apresenta na próxima quarta feira, 20 de julho, às 19h no Teatro Luiz Souto Dourado, em Garanhuns. É o teatro feito pelo Grupo Raízes do Porto sendo reconhecido mais uma vez por outros artistas, outros estados e por outros mundos.

Fonte: Raízes do Porto


 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio