Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

FIMCA: atividades para portadores de necessidades especiais


De 22 a 26 de outubro acontece na quadra poliesportiva da Faculdade Metropolitana e Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA as atividades do Projeto “A eficiência do deficiente na recreação” desenvolvido pelos professores Daniel de Souza, Cleidimara Alves, Eurly Tourinho e João Bernardino, do Curso de Educação Física da Faculdade Metropolitana.

Participam acadêmicos de Educação Física (Metropolitana) que durante os quatro dias desenvolvem atividades e brincadeiras como Ping-Pong, Totó, futebol, bambolê com alunos das instituições como o Centro de Estadual de Educação Especial Abnael Machado de Lima (CENE), Pestalozzi, Associação Amiga dos Autistas (AMA) e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) que interagem com alunos da Escola Santa Marcelina.

Elane da Rocha Lopes, supervisora escolar da Escola Santa Marcelina coordena com a professora Marlene, as atividades do projeto Arco Iris. De acordo com Elane “o projeto tem o intuito criar momentos em que nossos alunos possam interagir com alunos de instituições de ensino especial. Visando com isso a quebra de tabus, preconceitos, para que através da brincadeira eles possam observar que as crianças portadoras de deficiências fazem o mesmo que eles, ou seja, brincam e se divertem”. 

O evento contou ainda com a presença de nove bombeiros que, sob o comando do sargento De Moura, orientaram os alunos nas atividades de Tirolesa e Rapel. “O Corpo de Bombeiros é parceiro da Escola Santa Marcelina na realização desses eventos e participamos desde 2004 ajudando nas atividades esportivas e ao mesmo tempo recreativas envolvendo os alunos”.

O principal objetivo do Projeto é fazer com que os acadêmicos de Educação Física possam colocar em prática os conhecimentos adquiridos nas disciplinas Educação Física para portadores de necessidades especiais (EFPNE), ministrada pelo professor Daniel; Organização e administração de eventos escolares (OAEE), ministrada pela professora Cleidimara Alves; Folclore e dança ministrada pela professora Eurly Tourinho e Prática e ensino II, disciplina ministrada pelo professor João Bernardino.

Para o vice-diretor da Faculdade Metropolitana, Aparício Carvalho de Moraes, o projeto A eficiência do deficiente na recreação, “muito nos orgulha, pois mostra que a comunidade acadêmica está voltada de forma ativa para a inclusão social do deficiente através de ações de um projeto social importante como este idealizado pelos nossos docentes”, exaltou Aparício.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Cultura

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Sonhos de MarçoPorto de sons e sonhos...Em marçouma paisagem sonorade cantos...um cenário a partecenas se repartem ese juntam em melodiasdiferentesDe

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

FERROVIÁRIOS ELEGEM NOVA EXECUTIVA SOB PROMESSA GOVERNAMENTAL BOTAR O TREM PRA ANDAR

Porto Velho, RONDÔNIA - Ainda sem local adequado para se instalar e funcionar como em décadas atrás, a nova diretoria da Associação dos Ferroviári

Projeto Sesc Mulher promove um mês inteiro de atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher

Projeto Sesc Mulher promove um mês inteiro de atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher

Em celebração ao Dia Internacional da Mulher (08 de março), o Sesc em todo o Brasil prepara diversas programações sociais. As atividades têm como

Agenda Cultural; Projeto Canta Mulher leva ao palco Show Musical “Sonho Meu”

Agenda Cultural; Projeto Canta Mulher leva ao palco Show Musical “Sonho Meu”

Numa homenagem a Dona Ivone Lara e outras divas do samba, o projeto Canta Mulher 2019, apresenta nos dias 07, 08 e 09 de março o Show Musical “Sonho