Porto Velho (RO) sábado, 18 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Festival de Gramado consagra 'Corumbiara'. O filme mostra massacre em RO


Documentário sobre massacre de índios foi eleito melhor filme nacional. Vencedor em Berlim, produção peruana levou prêmio máximo na mostra

O documentário "Corumbiara", do diretor Vincent Carelli, foi o vencedor da 37ª edição do Festival de Cinema de Gramado. O filme mostra evidências de um massacre indígena ocorrido há 24 anos em Rondônia, e a falta de empenho das autoridades em investigar os assassinatos.

O documentário concorria com os longas de ficção "Canção de Baal", de Helena Ignez, "Em teu nome", de Paulo Nascimento, "Quase um tango...", de Sérgio Silva, e "Corpos celestes", de Marcos Jorge e Fernando Severo.

"Fico feliz que o filme tenha despertado uma reação tão comovida do público", comemorou Vincent Carelli, diretor de "Corumbiara", premiado com o Kikito de melhor filme nacional 


Além do prêmio máximo do festival, "Corumbiara" também levou o Kikito de melhor direção. Carelli dividiu o prêmio com o cineasta Paulo Nascimento, autor de "Em teu nome".

 
O documentário também foi considerado o melhor filme pelo júri popular de Gramado.
"Fico feliz que o filme tenha despertado uma reação tão comovida do público", comemorou Carelli. "É um filme político, um alerta para uma questão tão séria. Fico feliz que tenha começado sua carreira tão bem num festival como esse". 

Latinos

Confirmando seu favoritismo, o peruano "A teta assustada" venceu na categoria de melhor filme estrangeiro.

Premiado com o Urso de Ouro no Festival de Berlim, a produção é baseada no mito andino de que as mulheres vítimas de estupro transmitem todo o horror do trauma para seus filhos ao amamentá-los.

Magaly Solier, que vive a protagonista Fausta, foi premiada na categoria de melhor atriz. O filme levou ainda o troféu de melhor direção, para Claudia Llosa.

As estatuetas concedidas à "La teta assustada" foram guardadas pela organização do Festival de Gramado, pois nenhum representante do filme estava na plateia do Palácio dos Festivais para receber os Kikitos.

O uruguaio "Gigante", de Adrián Biniez, era outro favorito na categoria de melhor filme estrangeiro. Vencedor do Urso de Prata em Berlim, o filme recebeu em Gramado o Kikito de melhor roteiro e o prêmio especial da crítica.

"Gigante" fala sobre um segurança de supermercado que se apaixona pela faxineira do lugar, e passa a acompanhar a rotina da moça pelas câmeras do circuito interno. O protagonista Horacio Camandule foi o melhor ator de filme estrangeiro da mostra, prêmio que dividiu com o colombiano Matias Maldonado, da comédia "Nochebuena". 

Atuações

Os prêmios de atuação nacional foram para a atriz Vivianne Pasmanter, de "Quase um tango...", e Leonardo Machado, de "Em teu nome".

No filme de Sérgio Silva, Vivianne intrepreta quatro papéis. O filme conta a história do agricultor Batavo (Marcos Palmeira), que decide deixar sua cidadezinha no interior gaúcho para recomeçar a vida em Porto Alegre.

A atriz personifica todas as mulheres que passam pela vida de Batavo. "Espero que o filme ganhe o maior prêmio do cinema, que é ser exibido em várias salas do nosso país", disse Vivianne.

"Em teu nome", baseado na história real do juiz João Carlos Bona Garcia, que foi preso, torturado e exilado pela ditadura nos anos 70, também foi destaque na premiação de Gramado. Além de melhor ator e diretor, o filme levou o prêmio especial do júri e o de melhor trilha sonora. 

Confira a lista completa das produções premiadas no festival

LONGA NACIONAL

- Melhor filme: “Corumbiara”, de Vincent Carelli
- Melhor diretor: Vincent Carelli por “Corumbiara” e Paulo Nascimento por “Em teu nome”
- Melhor ator: Leonardo Machado por “Em teu nome”
- Melhor atriz: Vivianne Pasmanter, por “Quase um tango...”
- Melhor roteiro: Sérgio Silva, por “Quase um tango...”
- Melhor fotografia: Katia Coelho por “Corpos celestes”
- Prêmio especial do júri: “Em teu nome”, de Paulo Nascimento
- Melhor diretor de arte: Fabio Delduque, por “Canção de Baal”
- Melhor trilha musical: Andre Trento e Renato Muller por “Em teu nome”
- Prêmio da crítica: “Canção de Baal”, de Helena Ignez
- Melhor filme, segundo o júri popular: “Corumbiara” de Vincent Carelli
- Melhor filme, segundo o júri de estudantes de cinema: “Corumbiara” de Vincent Carelli
- Melhor montagem: Mari Corrêa, por “Corumbiara”

LONGA ESTRANGEIRO

- Melhor filme: “A teta assustada”, de Claudia Llosa
- Melhor diretor: Claudia Llosa, por “A teta assustada”
- Melhor ator: Horacio Camandule, por “Gigante” e Matías Maldonado, por “Nochebuena”
- Melhor atriz: Magaly Solier de “A teta assustada"
- Melhor roteiro: Adrián Biniez, por “Gigante”
- Melhor fotografia: Guillermo Nieto, por “Lluvia”
- Prêmio especial do júri: “La próxima estación” de Fernando Solanas
- Prêmio da crítica: “Gigante”, de Adrian Biniez
- Melhor filme, segundo o júri popular: “Lluvia” de Paula Hernández
- Melhor filme, segundo o júri de estudantes de cinema: “A teta assustada” de Claudia Llosa

CURTAS

- Melhor filme: “Teresa” de Paula Szutan e Renata Terra
- Melhor diretor: Paula Szutan e Renata Terra, por “Teresa”
- Melhor ator: Miguel Ramos, por “Teresa”
- Melhor atriz: Juliana Carneiro da Cunha, por “O teu sorriso”
- Melhor roteiro: Davi Pires e Diego Müller, por “Teresa”
- Melhor fotografia: André Luiz de Luiz, por “Ernesto no país do futebol”
- Prêmio especial do júri: “Olhos de ressaca” de Petra Costa
- Melhor diretor de arte: Diogo Viegas, por “Josué e o pé de macaxeira”
- Melhor trilha musical: Leonardo Mendes, por “Josué e o pé de macaxeira”
- Melhor montagem: Gustavo Ribeiro, por “Teresa”
- Prêmio da crítica: “O teu sorriso”, de Pedro Freire
- Melhor filme, segundo o júri popular: “Josué e o pé de macaxeira” de Diogo Viegas
- Melhor filme, segundo o júri de estudantes de cinema: “Olhos de Ressaca” de Petra Costa 

Fonte: Gazeta do Povo

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio