Porto Velho (RO) quarta-feira, 17 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Festcine Amazônia Itinerante é sucesso de público em mais 4 distritos



A equipe do Festcine Amazônia Itinerante desceu o Baixo Madeira, no barco “Deus é amor” para percorrer a região durante uma semana exibindo filmes nos distritos de São Carlos, Nazaré, Calama e Demarcação e, apesar das dificuldades enfrentadas como a cheia do Madeira, nem por um minuto estes obstáculos desanimaram os integrantes da equipe do Festcine na realização desta segunda etapa da itinerância.

Conforme os organizadores a escolha desta época do ano para a realização do Festival foi justamente para que a equipe pudesse presenciar, registrar e sentir na pele os problemas que os ribeirinhos enfrentam todos os anos como “a cheia” que para eles é natural, e o conseqüente aumento nos problemas de saúde dos moradores destas comunidades ribeirinhas por causa da cheia do Rio Madeira.

Segundo Marco Eldom, o palhaço Bob, – “Durante o dia a chuva caiu implacável, no entanto, em nenhuma das noites de exibição dos filmes não choveu e isso contribuiu para a presença do público, que recebeu o festival de forma calorosa, totalizando duas mil pessoas que marcaram presença nos quatro distritos”. Marco afirmou ainda que “gravamos inúmeros depoimentos destas pessoas que falaram sobre o universo do homem amazônico e estes depoimentos farão parte de um documentário que estamos produzindo sobre o projeto”.

De acordo com Jurandir Costa, “novamente o envolvimento das escolas municipais e estaduais foi fundamental no processo de formação de platéia”. O administrador Xaxá de São Carlos enfatizou a necessidade e importância de ações culturais no Baixo Madeira. A direção da Escola Henrique Dias e Joel do Núcleo da Semed participaram da cerimônia de abertura no Ginásio Rubens Inocêncio de Sousa.

No distrito de Nazaré a exibição aconteceu no Armazém Clube e a equipe do Itinerante contou com a colaboração de Francisco de Assis, o Gim, que divulgou o evento junto à comunidade local que prestigiou as sessões que, contaram também com a presença de alguns integrantes do grupo musical Minhas Raízes.

Em Calama, a Escola Estadual General Osório e a Escola Municipal Ana Granjeiro receberam vários kits do Joguinho da Amazônia, ofertada pela Petrobras e que ficou a disposição dos alunos destas escolas. “O Jogo é um quebra cabeças que interage com o universo da Amazônia, especialmente nos espaços onde a empresa atua. Daí a importância do jogo, por mostrar a realidade amazônica”, explicou Carlos Levy.

Levy disse ainda que “Demarcação, que é um distrito cortado pelo Rio Machado, o mesmo que corta o município de Ji-Paraná, foi a localidade onde foi concluída esta etapa da itinerancia. A equipe do Festival chegou na localidade durante um forte temporal, o que deixou a produção bastante apreensiva quanto à realização da exibição. A produção trabalhou mesmo embaixo de chuva, levantando o telão, mobilizando a comunidade, arrumando as cadeiras. O cinema foi instalado ao ar livre, na beira do Rio, contudo tudo transcorreu de forma perfeita durante a noite”.

“Certamente a energia das pessoas que estão na equipe de produção assim como a energia positiva das comunidades fez toda a diferença com a sua participação, demonstrando ter recebido o recado ambiental e, manifestando suas opiniões após a exibição dos trabalhos”. O próximo passo do Festival será a integração cultural com a Bolívia, finalizou Carlos Levy com entusiasmo.

O Festcine Amazônia Itinerante conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, Fundo Nacional de Cultura, da Petrobrás através da Lei Rouanet, tem ainda o apoio da senadora Fátima Cleide, deputado federal Eduardo Valverde, IBM, Unir, Secel e Prefeitura de Porto Velho.

Fonte: Ascom - Festcine Amazônia

Mais Sobre Cultura

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

O Grupo de Teatro Wankabuki, de Vilhena (RO), realizará entre os dias 17 e 26 de outubro uma série de apresentações da peça “À Margem” nos municípios

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona

SESC abre inscrições para exposição  e oficina de fotografia em Porto Velho

SESC abre inscrições para exposição e oficina de fotografia em Porto Velho

A exposição será realizada na rua Euclides da Cunha, com inscrições e impressões gratuitas no formato lambe-lambe