Porto Velho (RO) terça-feira, 28 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Festcine Amazônia Itinerante é sucesso de público em mais 4 distritos



A equipe do Festcine Amazônia Itinerante desceu o Baixo Madeira, no barco “Deus é amor” para percorrer a região durante uma semana exibindo filmes nos distritos de São Carlos, Nazaré, Calama e Demarcação e, apesar das dificuldades enfrentadas como a cheia do Madeira, nem por um minuto estes obstáculos desanimaram os integrantes da equipe do Festcine na realização desta segunda etapa da itinerância.

Conforme os organizadores a escolha desta época do ano para a realização do Festival foi justamente para que a equipe pudesse presenciar, registrar e sentir na pele os problemas que os ribeirinhos enfrentam todos os anos como “a cheia” que para eles é natural, e o conseqüente aumento nos problemas de saúde dos moradores destas comunidades ribeirinhas por causa da cheia do Rio Madeira.

Segundo Marco Eldom, o palhaço Bob, – “Durante o dia a chuva caiu implacável, no entanto, em nenhuma das noites de exibição dos filmes não choveu e isso contribuiu para a presença do público, que recebeu o festival de forma calorosa, totalizando duas mil pessoas que marcaram presença nos quatro distritos”. Marco afirmou ainda que “gravamos inúmeros depoimentos destas pessoas que falaram sobre o universo do homem amazônico e estes depoimentos farão parte de um documentário que estamos produzindo sobre o projeto”.

De acordo com Jurandir Costa, “novamente o envolvimento das escolas municipais e estaduais foi fundamental no processo de formação de platéia”. O administrador Xaxá de São Carlos enfatizou a necessidade e importância de ações culturais no Baixo Madeira. A direção da Escola Henrique Dias e Joel do Núcleo da Semed participaram da cerimônia de abertura no Ginásio Rubens Inocêncio de Sousa.

No distrito de Nazaré a exibição aconteceu no Armazém Clube e a equipe do Itinerante contou com a colaboração de Francisco de Assis, o Gim, que divulgou o evento junto à comunidade local que prestigiou as sessões que, contaram também com a presença de alguns integrantes do grupo musical Minhas Raízes.

Em Calama, a Escola Estadual General Osório e a Escola Municipal Ana Granjeiro receberam vários kits do Joguinho da Amazônia, ofertada pela Petrobras e que ficou a disposição dos alunos destas escolas. “O Jogo é um quebra cabeças que interage com o universo da Amazônia, especialmente nos espaços onde a empresa atua. Daí a importância do jogo, por mostrar a realidade amazônica”, explicou Carlos Levy.

Levy disse ainda que “Demarcação, que é um distrito cortado pelo Rio Machado, o mesmo que corta o município de Ji-Paraná, foi a localidade onde foi concluída esta etapa da itinerancia. A equipe do Festival chegou na localidade durante um forte temporal, o que deixou a produção bastante apreensiva quanto à realização da exibição. A produção trabalhou mesmo embaixo de chuva, levantando o telão, mobilizando a comunidade, arrumando as cadeiras. O cinema foi instalado ao ar livre, na beira do Rio, contudo tudo transcorreu de forma perfeita durante a noite”.

“Certamente a energia das pessoas que estão na equipe de produção assim como a energia positiva das comunidades fez toda a diferença com a sua participação, demonstrando ter recebido o recado ambiental e, manifestando suas opiniões após a exibição dos trabalhos”. O próximo passo do Festival será a integração cultural com a Bolívia, finalizou Carlos Levy com entusiasmo.

O Festcine Amazônia Itinerante conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, Fundo Nacional de Cultura, da Petrobrás através da Lei Rouanet, tem ainda o apoio da senadora Fátima Cleide, deputado federal Eduardo Valverde, IBM, Unir, Secel e Prefeitura de Porto Velho.

Fonte: Ascom - Festcine Amazônia

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio