Porto Velho (RO) domingo, 19 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Estudantes se encantam com 'Histórias da Mãe África'



Alunos das escolas municipais São Pedro e Darcy Ribeiro lotaram o Teatro Banzeiros no final de semana para assistir ao espetáculo “Histórias da Mãe África”, estrelado pela atriz Priscila Camargo. Durante uma hora, ela contou histórias que fazem parte da cultura africana, interagiu com a platéia, cantou e até brincou com as crianças. Ao final da apresentação, agradeceu a receptividade e disse que incluiu Porto Velho em sua turnê porque tinha muita vontade de conhecer a cidade e as pessoas.

Priscila Camargo disse que vai levar uma grande experiência. “As pessoas são muito alegres, calorosas e as crianças interagiram muito bem durante o espetáculo”, comentou. A atriz também declarou que o objetivo das histórias é transmitir cultura, conhecimento da humanidade e de vida para as crianças. “A gente precisa aprender para ser mais feliz e preservar os valores”, acrescentou. Ela também elogiou a iniciativa da prefeitura, através da Fundação Cultural Iaripuna.

O espetáculo começou com uma música que exalta a cultura africana, cantada pelos músicos Marcelo Daguerre e Anderson Vilmar, que acompanham a atriz em todas as suas apresentações. Em seguida, Priscila apresentou um fantoche que, segundo ela, representa os contadores de histórias da África. No cenário simples, apenas com um mapa do continente africano ao fundo e duas esculturas características da do local, uma de cada lado, a atriz devidamente caracterizada utiliza bichos de pelúcia como ilustrações para contar as histórias, cantar e interagir com a platéia. As interpretações são tão perfeitas que as crianças ficam em total silêncio.

Pesquisa

De acordo com o produtor da peça, Sérgio Miguel Braga, Priscila pesquisou a fundo a cultura africana para transmitir esses conhecimentos em forma de histórias para os estudantes do Brasil. Para ele que também é ator e acostumado a apresentar espetáculos de dramaturgia, é uma experiência nova, mas muito gratificante. “Histórias têm poder de fazer as pessoas refletirem, conhecer outras culturas, povos e tradições”, afirmou.

Na avaliação do diretor do Departamento de Artes da Fundação Iaripuna, Gregório da Silva (Greg), Priscila Camargo, com sua forma toda peculiar de contar as histórias e interagir com a platéia, consegue transmitir toda magia, encanto e beleza da cultura africana e de outros povos. “O evento não serviu apenas para as crianças, mas também para os artistas locais, que passam a ter uma visão mais ampla sobre outros tipos de espetáculos, cenário e o repertório musical”, afirmou.

Elogios

Os estudantes Ana Morais e William Sales, ambos da Escola São Pedro, gostaram da apresentação de Priscila Camargo. “Foi muito legal. Aprendi muitas coisas sobre a África”, disse Ana. Para William, o que mais o encantou foram as ilustrações, as músicas e a forma como a atriz se comunicou com o público durante sua apresentação.

Fonte: Augusto José
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio