Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Estado prepara professores para identificação de alunos superdotados


   
O Governo do Estado realizará nesta terça-feira (5), por meio do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação da Secretaria da Educação (NAAH/Seduc), mais um curso destinado à capacitação de professores do ensino especial, em Porto Velho. Trata-se do “Curso Construindo a Educação Inclusiva para Alunos com Altas Habilidades/Superdotação”, que será aberto às 8h30, no Rondon Palace Hotel, com a presença da coordenadora Pedagógica, Irany Freire, representando a secretária estadual da Educação, professora Marli Cahulla.

Conforme a subgerente da Educação Especial (SEE/Seduc), Vera Regina de Matos, o curso acontecerá até o dia 30 de setembro, com encontros quinzenais de 4 horas, cada; e estudos individuais e em grupo, perfazendo 120 horas/aula. O público alvo são cerca de 90 professores da rede estadual, do município e de outras instituições do “Sistema S” (Sesi, Senai, Sesc, Senar/Senat), que disponibilizaram os palestrantes. A primeira será Olzenir Leite Costa Ribeiro, coordenadora do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação, do Distrito Federal, que abordará o tema “Por que investir na Educação de Alunos com Altas Habilidades/Superdotação?".

A secretária Marli considera a capacitação como mais um passo importante dado pelo Governo do Estado, via Seduc, para que os professores comecem a identificar os alunos que possuem altas habilidades na sala de aula, os chamados “superdotados”. Ela lembrou que o Censo Escolar 2006 encontrou 2.679 alunos com altas habilidades nas Escolas públicas e particulares, o equivalente a 0,005% dos 56 milhões de alunos matriculados do ensino fundamental ao superior, em todo o País. Mas há quem diga tratar-se de números subestimados. Só no meio estudantil eles seriam mais de 1,2 milhão, pelos critérios da Mensa, a sociedade internacional que reúne os cérebros mais notáveis do mundo e segundo a qual 2% da população têm quociente de inteligência (QI) acima de 132. E é para atender a esse público que a União em parceria com os Estados vem criando políticas públicas e instalando os núcleos de atividades, com a finalidade de articular ações que visam à identificação e o atendimento de alunos da educação básica da rede pública de ensino e inseri-los no ensino regular. O de Rondônia foi implantado em 2006 com o apoio da Secretaria de Ensino Especial do Ministério da Educação (SEESP/MEC).

“Trata-se de mais uma ação do Governo do Estado, que por meio da Seduc tem promovido uma série de atividades com o objetivo de dinamizar o ensino especial em todas as escolas rondonienses”, disse Marli Cahulla, observando que a intenção é contribuir com os profissionais da educação, repassando conhecimentos teóricos e práticos para a construção de práticas educacionais que favoreçam a identificação e o atendimento aos portadores dessas habilidades educacionais.

Entre os exemplos de Rondônia, está o aluno do ensino médio, Eduardo Martins Gondim, da EEEFM Marechal Castelo Branco. Ele aprendeu a tocar violão aos 5 anos de idade, aos 12 começou a compor poemas, aos 14 compôs sua primeira música e teve sua poesia selecionada para representar o Estado no 1º Prêmio de Talento Literário/Poesia em Superdotação, que ocorrerá em Brasília, no mês de setembro.

Fonte: Veronilda Lima
 

Mais Sobre Cultura

Sicoob Credisul lança concurso de fotografia Somos Todos Guaporé

Sicoob Credisul lança concurso de fotografia Somos Todos Guaporé

A Sicoob Credisul lançou na noite de quarta-feira, 20/03, o concurso de fotografia Somos Todos Guaporé, do Rio Guaporé. O lançamento aconteceu duran

ASFALTÃO PLANEJA AÇÕES ATÉ O CARNAVAL 2019

ASFALTÃO PLANEJA AÇÕES ATÉ O CARNAVAL 2019

Com bastante antecedência e foco no cumprimento de sua missão, a Escola de Samba Asfaltão realizou no ultimo dia 16 de março, seu Planejamento Estraté

Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho

Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho

O espetáculo ÍFÈ, da Companhia Beradera de Teatro, estreia neste sábado (23), às 20h, em Porto Velho e tem como inspiração a história de importante fi

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Nossos agradecimentos em sol maior para todos e todas que fizeram o Canta Mulher 2019

Sonhos de MarçoPorto de sons e sonhos...Em marçouma paisagem sonorade cantos...um cenário a partecenas se repartem ese juntam em melodiasdiferentesDe