Porto Velho (RO) quinta-feira, 23 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho


Espetáculo ÌFÉ estreia neste sábado inspirado em figura religiosa histórica de Porto Velho - Gente de Opinião

O espetáculo ÍFÈ, da Companhia Beradera de Teatro, estreia neste sábado (23), às 20h, em Porto Velho e tem como inspiração a história de importante figura religiosa de Porto Velho: uma mãe de santo cujo terreiro ficava entre os bairros Areal e Tucumanzal, região central da cidade, e era frequentado por políticos como Jerônimo Santana, primeiro governador de Rondônia, e outros personagens importantes. O espetáculo tem 60 minutos e a classificação etária é de 14 anos.

A peça é resultado de um trabalho de investigação histórica de pelo menos dois anos, realizado por integrantes do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares Afro-amazônicos (GEPIAA) da Universidade Federal de Rondônia, entre eles o dramaturgo e diretor da montagem, Raoní Amaral. “Quando cheguei lá, me apaixonei pelo terreiro, me apaixonei pela história, e acabou se tornando a temática do meu TCC”.

O Trabalho de Conclusão de Curso foi adaptado a linguagem do teatro e contemplado com o Prêmio de Teatro Jango Rodrigues 2017, do Governo de Rondônia.

Raoní explica que nesse processo de pesquisa, uma característica comum observada nos terreiros visitados era a acolhida e a relação com comunidade do entorno pelos membros e pais e mães de santo, especialmente os trabalhos de caridade. “Essa histórias se repetiam, então decidimos retratar esse ambiente, essas características, e homenagear todas essas líderes religiosas”, explica o diretor.

Na peça, Andressa Silva, Diego Augusto e Júnior Brum dão vida a uma filha de santo, um estudante universitário e um quilombola, que serão responsáveis por apresentar a figura religiosa histórica ao público e envolvê-lo num espetáculo de cheiros, sensações e movimentos, percorrendo os quartos do antigo Hotel Pousada da Sete, num cenário composto por elementos característicos ao universo das religiões de matrizes africanas.

Além de uma homenagem a essas figuras, a montagem busca uma reflexão quanto ao preconceito e combate à intolerância religiosa. “Infelizmente o senso comum faz com que no dia a dia tratemos determinados elementos e costumes como algo ruim, falamos de macumba de forma pejorativa, por exemplo. Então a ideia é envolver o público no cenário afro religioso e desmistificar alguns desses conceitos pré estabelecidos”, finaliza Raoní.

As sessões de ÌFÉ seguem até o dia 7 de abril, sempre aos sábados e domingos, com limite de 21 pessoas por sessão. As senhas serão distribuídas gratuitamente uma hora antes de cada apresentação no local. O antigo Hotel Pousada da Sete está localizado ao lado da loja Zeta, na avenida 7 de setembro, próximo a Campus Sales.

Sinopse

A montagem teatral ÌFÉ foi livremente inspirada na trajetória de uma líder religiosa que teve grande representatividade entre as décadas de 1980 a 2000 em Rondônia.

O espetáculo ocorre num antigo hotel desocupado, apropriando-se de elementos presentes nos rituais e abordando a memória político-social e cultural nos contextos afro-religiosos.

Memórias fragmentadas marcadas por um passado violento, um presente de empoderamento, luta e afirmação para trazer uma discussão sobre religiões a partir de fragmentos da memória e a reflexão sobre preconceito, incompreensão e intolerância, ainda tão presentes na sociedade contemporânea.

A Beradera Cia de Teatro

A Beradera Companhia de Teatro surgiu em 2013, com a montagem da peça “Lete”, contemplada pelo Prêmio Myriam Muniz 2012, inspirada a partir da instalação das Usinas Hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau em Porto Velho, relacionando os atuais eventos com outros pertencentes aos ciclos migratórios do passado.

O segundo trabalho do grupo, “Saga Beradera”, surgiu no ano de 2015, contemplado pelo Prêmio Myriam Muniz de Teatro 2014. A peça parte dos eventos reais da enchente histórica de 2014, que alagou diversas comunidades ribeirinhas de Rondônia.

A companhia volta agora com ÍFÈ, contemplada com o Prêmio de Teatro Jango Rodrigues 2017, marcando a estreia de Raoni Amaral como dramaturgo e diretor.  

FICHA TÉCNICA

Direção e Dramaturgia: Raoní Amaral.

Dramaturgia dos Quartos: Andressa Silva, Diego Augusto e Junior Brum.

Elenco: Andressa Silva, Diego Augusto e Júnior Brum.

Figurinista: Selma Pavanelli.

Costureira: Rita Magna.

Cenografia: Ismael Neves.

Trilha Sonora: Tanison Passos e Raoní Amaral.

Dramaturgia da Luz: Raoní Amaral.

Fotografia e Filmagem: Luana Lopes e Anne Salles.

Produção: Matheus Amorim e Raoní Amaral e Tanison Passos.

Projetista: Denise Cristal.

Mais Sobre Cultura

Cia de Artes Evolução participa do aniversário de Humaitá

Cia de Artes Evolução participa do aniversário de Humaitá

Nesta semana a Cia de Artes Evolução apresentou-se em Humaitá, no estado do Amazonas. O espetáculo infantil “Festa dos Meus Sonhos” foi uma das atra

Equipes do Colégio Sapiens homenageiam povos indígenas na 11ª Olimpíada de História

Equipes do Colégio Sapiens homenageiam povos indígenas na 11ª Olimpíada de História

12 estudantes do Colégio Sapiens, em Porto Velho, formam quatro equipes participantes da 11ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), que em

Artista plástica Maria Antônia lança o livro infantil “Aruaçu, o Sapo Cantador”

Artista plástica Maria Antônia lança o livro infantil “Aruaçu, o Sapo Cantador”

Será lançado na livraria Leitura, no Shopping Porto Velho, na sexta-feira, dia 17, às 18h30, o livro infantil “Aruaçu, O Sapo Cantador”, de autoria

Asfaltão terá final de semana de muita festa

Asfaltão terá final de semana de muita festa

FEIJOADA DA MAMÃEA feijoada em homenagem às mamães, acontecerá neste sábado dia 10 de maio, a partir das 12hs, na Tenda do Tigre, localizada na rua Ja