Porto Velho (RO) quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Eleição para diretor de Escola terá apoio do TRE



Professores, funcionários, alunos e pais de alunos de 76 Escolas do município de Porto Velho vão às urnas nesta sexta-feira, 03, para eleger o diretor e vice-diretor que administrará o estabelecimento de ensino nos próximos três anos. São 47 Escolas da área Urbana e 29 da zona Rural. O horário da eleição obedecerá ao do expediente das Escolas. As que funcionam dois turnos a votação encerra às 17h. Já os estabelecimentos que têm aulas nos três períodos a eleição vai até às 21h.

O pleito terá o apoio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RO), que cedeu as urnas onde serão depositados os votos. “Não serão as urnas eletrônicas, são as que foram usadas antigamente quando da votação manual, ou seja, serão utilizadas as células de papel, para esta eleição. E essa parceria com o TRE é a garantia de que o processo eleitoral se dará de forma transparente, onde a vontade da maioria é que prevalecerá”, disse a secretária municipal da Educação, Fátima Ferreira.

Em algumas Escolas chegaram a se inscrever até três chapas. Fátima Ferreira confirmou que a apuração iniciará logo após o término da votação e se não houver nenhum imprevisto, o anúncio dos eleitos será na hora. Será considerada eleita a chapa que alcançar 50% mais um dos votos válidos. A nomeação dos novos diretores e vice-diretores está prevista para o primeiro dia útil de janeiro de 2011, pelo prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho.

No processo será usado o sistema de voto qualificado obedecendo a seguinte proporção: 50% voto dos servidores do estabelecimento; 25% o dos alunos e 25% o voto dos pais ou responsáveis legais dos alunos. A votação será em separado, pais e alunos votarão em uma urna, enquanto que em outra votarão os funcionários. A ordem de votação será a de chegada do eleitor.

Para a secretária municipal de Educação o grande ganho que a gestão democrática nas Escolas do município trouxe para a população de Porto Velho foi ampliação do exercício da democracia. “Essa determinação do prefeito Roberto Sobrinho, ele já defendia desde quando foi secretário de Educação, possibilita que desde cedo os alunos tenham a responsabilidade com o voto, porque os eleitos têm que ter o comprometimento com a comunidade escolar e trabalhar para melhorias do estabelecimento”, disse.

E para votar, adiantou a secretária, os alunos, seus pais, os funcionários e os professores da Escola têm que conhecer a plataforma dos candidatos, um aprendizado que valerá para as eleições do TRE. “Daí a importância desse projeto de gestão democrática defendido pelo prefeito”, disse a secretária.

Fonte: Joel Elias
 

Mais Sobre Cultura

Tudo pronto para o desfile da Banda do Vai Quem Quer

Tudo pronto para o desfile da Banda do Vai Quem Quer

A presidente do maior bloco de carnaval de rua da Região Norte do país, Siça Andrade, confirma que já está tudo pronto para a Banda invadir as ruas e

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

Com previsão de acontecer em agosto deste ano, a Exposição Agropecuária Festa Tecnológica de Porto Velho (ExpoPorto) promete trazer grandes novida

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

A prefeitura de Porto Velho, através da Fundação Cultural (FUNCULTURAL) preparou uma super programação de Carnaval que inclui atividades para crianças

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

O presidente da Liga dos Blocos Carnavalescos de Porto Velho Mavignier Ferro falou na manhã desta quarta-feira sobre a intenção de alguns ativistas cu