Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Documentário "Tarja Branca" ficará disponível online e gratuitamente no Videocamp durante ação que homenageia a educadora Lydia Hortélio

Além do longa-metragem, a plataforma lança, também, uma playlist especial sobre o encontro entre infância, culturas brasileiras e brincar


Documentário "Tarja Branca" ficará disponível online e gratuitamente no Videocamp durante ação que homenageia a educadora Lydia Hortélio - Gente de Opinião

A importância da cultura da infância e do brincar para as crianças e para o ser humano é tema da Ocupação Lydia Hortélio, realizada pelo Itaú Cultural. Em parceria com o Instituto Alana, esta exposição homenageia a educadora que lhe dá nome. Entre as atividades da programação paralela que acontece nesse período, a plataforma online Videocamp, de agendamento de exibições públicas e gratuitas de filmes com potencial de impacto, participa com duas ações especiais: uma é o play aberto do documentário "Tarja Branca". Entre os dias 22 e 28 de julho, o longa-metragem estará disponível para ser assistido online e gratuitamente. A outra é o lançamento da playlist especial "Para pensar infância, cultura brasileira e o brincar", uma seleção de filmes disponíveis para agendamento de exibições públicas e gratuitas.

O filme "Tarja Branca', produzido pela Maria Farinha Filmes e dirigido por Cacau Rhoden ("Nunca Me Sonharam" e "Corações e Mentes – Escolas que Transformam"), é um manifesto pela manutenção do brincar que surge na infância e que o sistema nos impele a abandonar. A educadora Lydia Hortélio é uma das que dá seu depoimento ao filme. Já a playlist traz filmes, todos do catálogo Videocamp, disponíveis para exibições públicas e gratuitas, que abordam temas sobre a criança, as culturas da infância, a música, o brincar, de forma plural e diversa, em diferentes contextos, assim como as artes e as culturas brasileiras.

"Nesta playlist, reunimos títulos que abordam o encontro entre infância, arte e o brincar, em narrativas críticas e potentes. Transmitir o universo de referências e investigações de Lydia Hortélio por meio de histórias diversas, contadas em formato cinematográfico, é viver o fenômeno lúdico como meio de gerar impacto social. Com a ação de play aberto de 'Tarja Branca', pretendemos fazer com que o filme alcance o maior número de pessoas, democratizando não somente o acesso à obra, mas principalmente ao próprio pensamento da educadora", diz Mônica Bulgari, analista de projetos do Videocamp.


Sobre o Videocamp

O Videocamp é uma plataforma online e gratuita que possibilita que produções audiovisuais em busca de impacto e transformação alcancem o maior número possível de pessoas. Por meio de exibições públicas, que podem ser realizadas por qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo, o Videocamp democratiza o acesso à cultura e à informação. Para os realizadores, a plataforma potencializa a formação de público e atua como ferramenta de promoção dentro da estratégia de lançamento do filme

Mais Sobre Cultura

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Os alunos da escola Ensina-me a Viver tiveram uma manhã bem diferente na última quinta-feira, na Fundação Cultural de Vilhena (FCV). Curiosos, os pequ

Sandra Castiel lança novo livro

Sandra Castiel lança novo livro

A professora Sandra Castiel, que é membro da Academia de Letras de Rondônia (Acler), lança mais uma obra literária de sua lavra: Amor e Dor – contos

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Pela primeira vez a Prefeitura de Vilhena irá percorrer todas as aldeias indígenas de Vilhena com o intuito de registrar a produção de Arte e Cultura