Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Documentário retrata cegos que fazem cinema


O documentário “O Outro Olhar”, a mais recente obra dos produtores culturais sorocabanos Míriam Cris Carlos e Werinton Kermes, será exibido, pela primeira vez, na noite de abertura da 10ª edição do Festival Latino Americano de Cinema e Vídeo – Festcineamazônia em 6 de novembro, no Teatro Banzeiros, na cidade de Porto Velho, capital rondoniense.

O vídeo traz relatos e bastidores da oficina de fotografia e vídeo para deficientes visuais ministradas por Míriam Cris e Kermes na última edição do Festival. Foram discutidas questões sobre a produção de imagens, sejam elas mentais, olfativas, sonoras ou visuais. O grupo experimentou captar imagens e falar a respeito do significado destas para aqueles que não enxergam. O resultado expõe o fato de que as imagens se compõem de dentro para fora, e não apenas de fora para dentro, contando com outros sentidos que não o ver.

Delineado com a poesia de Míriam Cris, a edição realizada por Marcelo Domingues contempla também imagens de bastidores das oficinas realizadas em Belém/PA e Sorocaba/SP.

O projeto dos sorocabanos com deficientes visuais, iniciado há mais de uma década, já foi desenvolvido em vários estados e replicado por diversos outros produtores. “Quando iniciamos tratava-se de um projeto pioneiro, ousado, pois não havia nenhuma referência de algo parecido realizado no Brasil. Hoje existem muitas experiências similares. Algumas até com o mesmo nome do nosso projeto: O outro olhar. Trata-se de uma ousadia que deu certo, levando-se em conta o quanto já foi replicada. É isso que queremos. Que mais pessoas tenham a oportunidade de experimentar ver de outros modos, além de que aqueles que não vêem superando limites", explicou Kermes.

Com grande acervo de fotografias e vídeos produzidos pelos alunos e a experiência obtida com essa interação, Míriam Cris salienta que este documentário é apenas parte de um projeto maior, no qual busca-se ampliar e difundir essa iniciativa, através de pesquisas universitárias, congressos, exposições, oficinas, etc. "O que buscamos é uma ampla experiência e discussão sobre a produção de sentidos, formada a partir dos modos diversos como percebemos o mundo e nos relacionamos com as pessoas e coisas a nossa volta", comentou Míriam. Ela explica que o trabalho a ser apresentado em Porto Velho não pode ser enquadrado exatamente no formato documental: "É documental por partir de experiências reais. Mas o formato é o de um vídeo experimental, no qual a forma de linguagem mais presente é a poética, com a finalidade de despertar os sentidos".

O curta-metragem foi realizado pela produtora Provocare, possui oito minutos, e tem a direção de Míriam Cris Carlos e Werinton Kermes, produção executiva de Jurandir Costa e Fernanda Kopanakis, roteiro, texto e locução de Míriam Cris Carlos, edição de Marcelo Domingues, Imagens de Nane Fagundes, Fotografia Still de Avener Prado, Assessoria de Luciana Lopez e colaboração dos alunos participantes das oficinas.
 

Sobre os diretores:

Míriam Cris Carlos é doutora em Comunicação e Semiótica,roteirista, produtora cultural, poeta e professora pesquisadora do Mestrado em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba, UNISO.

Werinton Kermes é jornalista, documentarista e produtor cultural, premiado em vários festivais. É diretor do projeto de comunicação alternativa Provocare, fotógrafo e presidente do Canal Comunitário TV Votorantim.

Blog: http://fotografiaporcegos.blogspot.com.br/

Fonte: Luciana Lopez

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio