Porto Velho (RO) sexta-feira, 24 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Direitos e deveres dos trabalhadores foram temas do Justiça do Trabalho vai à Escola em porto Velho


Mais de 1000 alunos da Escola João Bento da Costa participaram do  Justiça do Trabalho Vai à Escola quinta-feira última (3/5), em Porto  Velho. Os direitos e obrigações dos empregados domésticos e assédio sexual e moral no ambiente de trabalho foram temas que mais chamaram a atenção dos alunos.

Segundo a direção da Escola estima que mais de 70% dos alunos que estudam à noite são trabalhadores. A iniciativa de instituições como o Tribunal Regional do Trabalho foi classificada como importante para que
os cidadãos possam efetivamente exercer sua cidadania plena. Muitos
trabalhadores e até patrões muitas vezes não conhecem seus direitos e
obrigações isso, provavelmente, acaba gerando conflitos nas relações de
trabalho, conclui o diretor.

A juíza Isabel Carla Piacentini, da 6ª Vara do Trabalho da Capital,
explicou aos alunos e professores como é a estrutura do TRT da 14ª
Região para se fazer presente a todas as localidades de Rondônia e Acre.
Comentou, que a JT hoje possui 32 Varas do Trabalho e mais de 50 juízes
que atuam em Varas convencionais e ainda em Varas do Trabalho Itinerante.

As servidoras Haiti Silveira e Débora Moreira apresentaram uma peça
teatral (esquete) representando o cotidiano de duas colegas empregadas
domésticas. A platéia ficou atenta e se divertiu com as histórias
contadas pelas atrizes amigas de profissão.

Sobre os direitos empregados domésticos, a juíza Vania Abensur, do TRT,
esclareceu sobre licença maternidade, auxílio doença, férias e
assinatura de carteira de trabalho e depois respondeu às perguntas
formuladas pelos alunos. O juiz Domingos Sávio dos Santos, da 2ª VT de
Porto Velho, falou sobre os principais direitos e também obrigações de
empregados e patrões nas relações de trabalho e emprego. O juiz destacou
ainda os artigos e leis que regem a relação entre capital x trabalho.

Assédios sexual e moral no ambiente de trabalho também foi questionado
pelos alunos, e o juiz Sebastião Almeida exemplificou como ocorre os
assédios nas empresas, e disse que muitas vezes as pessoas até confundem
as coisas, mas para que haja verdadeiramente o assédio deve ser levado
em conta a forma como o fato ocorreu dentre outros fatos e provas.

Esquete sobre prevenção de acidentes no trabalho
As irmãs servidoras-atrizes Meire Magdalena e Magda Pereira
representaram patrões e empregados numa discussão sobre equipamentos de
proteção individual (EPI), para que se evite acidentes no ambiente de
trabalho. Na peça, o patrão quer economizar e não fornece equipamentos
adequados, deixando o empregado exposto á possíveis acidentes na empresa.

Motivação
para provocar ainda mais reflexão sobre a motivação para a vida, os
irmãos Débora e Daniel Moreira dramatizaram a história de Joana
Klinsger, que não desiste nunca, por mais que as dificuldades sejam
grandes. Com todos os percalços que a "Joana" enfrenta, ela está sempre
disposta a viver feliz e útil à sociedade. Os alunos riram e aplaudiram.
Segundo a estudante Girlene dos Santos "o evento foi muito importante
para todos nós, as peças também, nos divertimos e aprendemos bastante
com a vinda da JT aqui na escola" conclui a aluna.

Participaram do evento também os juízes Elana Cardoso, Shikou Sadahiro,
Rui Barbosa e a coordenadora do projeto, juíza Maria Cesarineide Lima.

As atividades com os estudantes neste ano iniciaram pelas escolas do
Cone Sul de Rondônia, tendo passado por Colorado do Oeste, Pimenta
Bueno, Rolim de Moura, Cacoal, Presidente Medici, Ji-Paraná, Ouro Preto
do Oeste e agora chega à Porto Velho.

Fonte: Celso Gomes

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio