Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

CurtaAmazônia: Têm filmes da PB, RJ, MT, AM, AC e RO



Nesse sábado, teremos 6 filmes de 6 estados brasileiros sendo exibidos no Ponto de Exibição da ABD/RO. O endereço das sessões gratuitas é na Associação Curta Amazônia na Rua Raimundo Cantuária, 712-B, Bairro Baixa União, próximo ao TRE . São filmes da Programadora Brasil e do CURTAMAZÔNIA numa parceria na divulgação e formação de platéia do nosso Cinema Nacional, com o apoio direto da mídia rondoniense.

* Filmes do dia 17 DE JULHO – SÁBADO – 20 horas

1) Filme da Programadora Brasil – “O cão sedento”, direção Bruno de Sales, Ficção, 16 mm, PB, 10 min.
Sinopse: Em 1970, uma série de roubos de carros abala João Pessoa. O serial Killer rouba, mata e queima suas vítimas, sem derramar uma gota de sangue.

2) Filme da Programadora Brasil – “Bala Perdida”, direção e roteiro Victor Lopes, RJ, 2004, Ficção, 35 mm, 14 min.
Sinopse: Numa tarde de sol, numa praça do Rio de Janeiro, começa um tiroteiro. O tempo volta um minuto para revelar as histórias de várias pessoas que testemunham os disparos. São pessoas muito diferentes, todas expostas à trajetória das balas. Qualquer um pode morrer.

3) Filme da Programadora Brasil – “Baseado em fatos reais”, direção e roteiro Bruno Bini, MT, Ficção, 2001, Ficção, 35 mm, 17 min.
Sinopse: Uma dívida. Uma lâmpada. Uma bíblia. Um revólver. Você acha que não, mas poderia ter acontecido com você.

4) Filme do Acervo CURTAMAZÔNIA, – “E agora o que nois ramú cumê”, direção Daniel Luiz Batista, AM , Animação, 2009, 2min 40 seg.
Sinopse: Em algum lugar do nordeste, Zé é um homem comum e preguiçoso, com três filhos e uma mulher furiosa que necessitam comer. Com muita esperança Zé e o seu fiel escudeiro, o cachorro desbravam a seca em busca de alimento.

5) Filme do Acervo CURTAMAZÔNIA, “Aos trancos e barrancos”, direção Ney Ricardo da Silva, AC, Documentário, 2007, 22 min.
Sinopse: Aborda o processo de assimilação e resistência dos seringueiros que migraram para a zona urbana de Rio Branco. O vídeo mostra desde a expulsão desses trabalhadores rurais das suas colocações pelos fazendeiros, até a permanência na cidade, por meio dos depoimentos daqueles que vivenciaram os conflitos, gerados pela chegada da frente capitalista, que se alastraram da floresta para a zona periférica da capital.

6) Filme do Acervo CURTAMAZÔNIA, “Um olhar sobre o progresso”, direção Marivaldo Lago, RO, Ambiental, 2010, 9 min.
Sinopse: Um jovem apaixonado pela Amazônia, tenta conscientizar a todos sobre a importância de preservar a natureza e os monumentos históricos da antiga Estrada de Ferro Madeira Mamoré. O jovem gosta de passear por estes monumentos. Gosta de denunciar os impactos ambientais através de fotografias, mas ele sabe que depois das construções das hidrelétricas, muitas coisas irão mudar, e muitos trechos da EFMM, se perderá para sempre.

O Ponto de Exibição da ABD Rondônia tem os seguintes agentes realizadores: a Programadora Brasil, FNC/SAV/MINC, CTAV, Cinemateca, o Cine Mais Cultura, a Associação Curta Amazônia, ABD Rondônia, ABD Nacional, Maporé e colaboradores.

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio