Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

CRIANÇAS DE NAZARÉ EM BRASÍLIA




Mais de três mil quilômetros. Essa foi a distância que 18 crianças de Nazaré entre meninos e meninas na faixa de 7 a 19 anos percorreram para se apresentar em Brasília, na Conferência Nacional da Educação Básica (Coneb), a ser realizada no Centro de Convenções, em Brasília. Serão cinco dias de evento e abertura será às 19 horas de hoje (14). O grupo Minhas Raízes, integrado por 18 crianças, se apresentará amanhã (15), às 8 horas, e volta a se apresentar logo mais, às 14 horas.

O grupo veio de Nazaré, um pequeno distrito de Porto Velho (RO), com pleno apoio do mandato da senadora Fátima Cleide (PT-RO). Viajaram cerca de 12 horas de barco pelo rio Madeira até a capital de Rondônia. Depois tomaram um avião e agüentaram mais três horas de viajem a Brasília.

Desde 2004, os meninos viajam fazendo apresentações pelo Brasil, divulgando em suas músicas a realidade e a cultura local, além dos mitos e lendas da região amazônica como o Boto Tucuxí, Anauá e Curupira. O disco que estão divulgando é o primeiro CD e foi gravado o ano passado.

Todos os bioinstrumentos do grupo são feitos de madeira da floresta Amazônica. São percussões, flautas, reco-reco, gambá, cumbuca, carrilhão de bambu, checo-checo, entre outros que ainda não têm nome. Um dos coordenadores do grupo, Ti Maia, que faz os instrumentos, diz que nenhuma árvore é arrancada. "Desde quando a floresta virou a Reserva Cuniã em 2004 trabalhamos de forma sustentável. Apenas coletamos aquilo que a floresta descarta, como galhos, sementes e cipós. Nada é arrancado", diz Maia.

O grupo tem o sonho construir um centro cultural aberto ao público para fomentar a cultura regional. Os meninos também tem a reivindicação da implementação do ensino médio no distrito, pois quando terminam o ensino fundamental têm que ir para regiões vizinhas para continuar os estudos. Quando isso ocorre são obrigados a deixar o grupo. Quando começaram eram 28 crianças.

Com a implementação do centro cultural, Ti Maia acredita que o distrito poderá se tornar uma referência turística na região. "Penso no futuro vender os biointrumentos e dar cursos de música para as crianças, jovens e turistas que vão a Nazaré", disse Ti.

O grupo é coordenado por Ti Maia, Túlio Nunes e Sílvia Helena, a idealizadora e regente do coral dos meninos de Nazaré.


Criança Esperança

O cantor e escritor Gabriel, "O Pensador", indicou o grupo para o Criança Esperança, transmitido pela Rede Globo de Televisão, e cenas do cotidiano dos meninos foram exibidas na edição de 2007.

Pensador conheceu o grupo em Porto Velho, em abril do ano passado, quando participou da Feira do Livro; ficou impressionado com o talento dos meninos. "O meu filho adorou a música deles, e eu também", disse o artista aos apresentadores do Criança Esperança 2007, Luciano Huck e Angélica.

Fonte: Henrique Teixeira

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio