Porto Velho (RO) terça-feira, 28 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Coral Vozes do Madeira dá dicas sobre qualidade de vida


 
O Coral Vozes do Madeira, do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, implementa a sua forma de interagir com seus integrantes, serventuários da Justiça e demais pessoas da sociedade, que acessam o site www.tjro.jus.br, com a implantação do "news letter" - novos artigos -, informativo que aborda a importância do canto em relação a qualidade de vida.

Nesta primeira edição, com o título: canto, logo existo!, o artigo relata que o canto é uma ferramenta educacional musical que contribui para integração e socialização de diversas comunidades e grupos sociais de cultura diversas, assim como, profissionais das mais variadas áreas. Esse relacionamento dá-se pela transmissão de valores relacionais necessário ao bom convívio em grupo e desperta o senso crítico e a motivação pessoal em cada em cada indivíduo, independentemente da sua escolarização ou classe social.

De acordo com uma das coordenadoras do projeto, Gabriela Fernandes, o "Coral Vozes do Madeira" faz parte do Planejamento Estratégico do TJRO e visa o aprimoramento do fortalecimento interpessoal tanto dos participantes quantos das pessoas que assistem as apresentações. 

CANTO, LOGO EXISTO! 

O canto coral é uma relevante manifestação educacional musical e uma importante ferramenta de integração social. Os trabalhos com grupos vocais nas mais diversas comunidades, empresas, instituições e centros comunitários podem, por meio de uma prática vocal bem conduzida e orientada, realizar a integração entre os mais diversos profissionais, pertencentes a diversas classes socioeconômicas e culturais, auxiliando a construção de uma personalidade voltada à transmissão de valores relacionais necessários a um bom convívio em grupo. Também a prática do canto coral traduz-se como uma questão de atitude, na igualdade e na transmissão de conhecimentos novos para todas as pessoas, independente da origem social, faixa etária ou grau de instrução, envolvendo-as no fazer o “novo” por meio do relacionamento interpessoal. 

Permite o conhecimento da voz de cada um e do seu aparelho fonador. Propicia a realização da produção vocal em conjunto, culminando no prazer estético e na alegria de cada execução com qualidade e reconhecimento mútuos. O canto coral permite a produção de arte acessível e de boa qualidade levados ao conhecimento de todos por meio de apresentações públicas. Além disso, os conhecimentos adquiridos pelos participantes do coral influenciam na apreciação artística, no senso crítico e na motivação pessoal de cada um, independentemente de seu capital cultural, escolar ou social. 

O Canto coral é cultura, é lazer, é qualidade de vida. Participe!


Fonte: MAESTRINA RAQUEL LYRIO / TJRO
Email: raquellyrio@yahoo.com.br 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio