Porto Velho (RO) domingo, 3 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Cultura

Conheça as mostras temáticas do Beira Festival de Cinema de Porto Velho

De 18 a 23 de maio, o “Beira” exibirá 46 filmes trazendo olhares de todos os cantos do Brasil


Conheça as mostras temáticas do Beira Festival de Cinema de Porto Velho - Gente de Opinião

Celebrar o cinema brasileiro, em especial aquele que ilumina as questões da vida no Norte, apostando no potencial do cinema como um meio de expansão de ideias e das múltiplas visões de mundo.

 

Este é o ponto de partida da 1ª edição do “Beira” Festival de Cinema de Porto Velho que,  de 18 a 23 maio, vai oferecer ao público uma seleção de 46 filmes selecionados por uma equipe especializada de curadores para trazer ao público rondoniense a diversidade inventiva da produção audiovisual de Rondônia e de outras regiões do Brasil de forma gratuita e online, através do site http://www.beirafestivaldecinema.com/.

 

Os filmes exibidos nesta primeira edição do festival são apresentados ao público em seis mostras temáticas, todas elas acompanhadas de texto dos curadores publicados no site do festival. Cada mostra propõe conjuntos de filmes ou percursos de cinema que guiam o público pela programação do festival. Conheça um pouco sobre cada uma delas:

 

Um encontro especial com representantes da cena audiovisual rondoniense marcará a estreia do BEIRA na noite de 18 de maio. A sessão Homenagem Pilar de Zayas Bernanos e Lídio Sohn - vídeastas em ação no Vale do Jamary relembrará a trajetória desse casal que muito contribuiu para o desenvolvimento das artes em Rondônia e deixou um importante registro da construção histórica e da identidade cultural do Estado através do fazer cinema no Norte.

 

Com curadoria de Juliano Araújo e Lúcia Monteiro, professores que dedicam suas pesquisas aos Cinemas Amazônicos, a Mostra Filmes Rondonienses, única competitiva do festival, apresentará oito filmes de realizadores rondonienses reunidos em torno de dois gestos principais: o trabalho de memória e a vontade de experimentação. O público do Beira poderá votar e escolher o melhor filme desta edição. O vencedor receberá também um prêmio no valor de R$ 1 mil.

 

A composição da Mostra Brasil: vários cantos se dá em meio ao desafio e ao desejo de acompanhar uma produção dinâmica e contundente, testemunhada em vários lugares do país. Composta por quatro longas e sete curtas-metragens, a proposta é exibir filmes inventivos, que abordem temas contemporâneos, com forte potencial de comunicação com o público e que tenham sido realizados entre os anos de 2019 e 2021.

Composta por 11 filmes e mesa de debate com quatro realizadores e a curadora Kênia Freitas, a Mostra Histórias de Família traz um conjunto de filmes brasileiros recentes que tornam sensível a experiência familiar. Os filmes passeiam por muitos lugares em que as “histórias de família” se constituem e se reinventam, pontuando que é sempre possível reencontrar a ideia de família de outro lugar.

Beira convida: forumdoc.bh é uma mostra especial com exibição de seis filmes de cineastas indígenas e não-indígenas aliados, cinco longas e um curta-metragem, selecionados em edições do forumdoc.bh, Festival do Filme Documentário e Etnográfico – Fórum de Antropologia e Cinema que há 25 anos tem proporcionado experiências de cinema e trilhado um caminho em que a exibição de filmes e a reflexão crítica se conjugam e se constituem.

 

A Mostra Dácia Ibiapina é uma pequena retrospectiva da obra desta importante realizadora piauiense radicada em Brasília, reconhecida por seu cinema articulado aos movimentos sociais e engajado na combinação das lutas inadiáveis de nosso tempo. A mostra contempla 4 filmes.

 

Tendo a Aventura como tema norteador de suas histórias, a Mostra Beirinha exibirá três curtas-metragens: Mutirão: O filme, de Lincoln Péricles (2022, São Paulo), Rabiola, de Thiago Briglia (2021, Roraima) e Ewé de Òsányin: o segredo das folhas, de Pâmela Peregrino (2021, Bahia).

 

O festival contempla também uma Sessão especial do novo filme da realizadora rondoniense Emanuela Palma, o longa-metragem Mestre Sirso - quando o mundo é silêncio a vibração é mestre. Um documentário sobre esperança e resiliência, Manu Palma retraça no filme a experiência de vida do Mestre de Capoeira, Sirso, que perdeu a audição quando criança e encontrou a fuga de uma vida silenciosa no contato, sonoro e corporal, com as vibrações da Capoeira.

 

O Beira Festival de Cinema de Porto Velho é fomentado com recursos da Lei Federal 14.017/2020 - Lei Aldir Blanc, através do Edital 32/2021/ SEJUCEL-CODEC - 2ª Edição Pacaás Novos - Prêmio para difusão de festivais, mostras e feiras artístico-culturais (Eixo I - Festival Cultural, Categoria F- Audiovisual) por meio da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer - SEJUCEL - e Governo do Estado de Rondônia.

Mais Sobre Cultura

Ações de incentivo à juventude, cultura, esporte e lazer destacaram a missão do Governo de Rondônia

Ações de incentivo à juventude, cultura, esporte e lazer destacaram a missão do Governo de Rondônia

A Sejucel conta com mais de 700 jovens participando do projeto “Juventude Solidária”, com a finalidade de desenvolver ações cívico-sociais pelo Estado

Dia 29/06 tem lançamento de clipe tecnobrega do grupo As de Saias

Dia 29/06 tem lançamento de clipe tecnobrega do grupo As de Saias

O grupo As de Saias se prepara para o lançamento do videoclipe da canção tecnobrega “Nó”, dirigido por Juraci Júnior, em uma co-produção entre Casa

Projeto Sesc 52 leva programação literária em suas últimas semanas de circulação no interior de Rondônia

Projeto Sesc 52 leva programação literária em suas últimas semanas de circulação no interior de Rondônia

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE de Rondônia, por meio do Sesc/RO, reafirmando seu objetivo de integração, inclusão social e fomentador da cultu

Cia de Artes Ji-paranaense apresenta nos dias 27 e 28 de junho espetáculo inspirado na migração de mulheres no ciclo da borracha.

Cia de Artes Ji-paranaense apresenta nos dias 27 e 28 de junho espetáculo inspirado na migração de mulheres no ciclo da borracha.

Desde sua criação a Cia Clandestinos de Artes vem abordando temáticas de grande importância que vão desde assuntos da esfera intimista como também n