Porto Velho (RO) domingo, 21 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Casa de Força garante energia no Campus da FIMCA


 
Os investimentos em infra-estrutura não param de acontecer no Campus da FIMCA – Faculdades Integradas Aparício Carvalho. Preocupada com a interrupção das aulas e de serviços administrativos e pedagógicos por falta de energia elétrica, com óbvios prejuízos para o calendário acadêmico, a direção geral está construindo uma Casa de Força, com três grupos geradores de 500 KVA cada um, para suprir a demanda de energia durante as quedas no fornecimento. Casa de Força garante energia no Campus da FIMCA  - Gente de Opinião

Os grupos geradores desembarcaram esta semana em Porto Velho e já se encontram no Campus da instituição, aguardando as obras de concretagem e acabamento da Casa de Força, onde serão instalados. 

Os grupos geradores são movidos a diesel e operam no sistema de geração de energia standby, capazes de assumir cargas em menos de 10 segundos, imediatamente após a falta de energia na fonte principal de abastecimento, podendo atingir carga nominal em um único passo. 

De acordo com o diretor-geral da FIMCA, médico Aparício Carvalho, o investimento se fez necessário para garantir a regularidade do calendário escolar das faculdades, seguidamente prejudicado com a suspensão das aulas em virtude da falta de energia elétrica por longos períodos. Enquanto a Casa de Força não fica pronta, dois grupos geradores alugados estão suprindo o Campus, desde meados do ano passado, quando há queda no fornecimento e em momentos de pico .

“Os dois grupos geradores são suficientes para suportar a demanda energética do Campus da FIMCA/Metropolitana pelo tempo que for necessário, sem prejuízo da iluminação interna e externa, sistema de refrigeração e utilização dos equipamentos eletro-eletrônicos e de informática. Mas a nova Casa de Força, com três novos grupos geradores nos dará uma tranqüilidade maior, em função da ampliação da estrutura do Campus, com outros investimentos que estamos fazendo, como o Centro Gastronômico, o Hospital Veterinário e o funcionamento dos elevadores panorâmicos do prédio Neo Clássico”, concluiu Aparício. 

Fonte: Sergio Mello

Mais Sobre Cultura

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

O Grupo de Teatro Wankabuki, de Vilhena (RO), realizará entre os dias 17 e 26 de outubro uma série de apresentações da peça “À Margem” nos municípios

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Professor Aleks Palitot doa livros para escola municipal infantil

Na tarde de quinta-feira (11), o Professor Aleks Palitot visitou a Escola Municipal de Educação Infantil Prof.ª Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na Zona