Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Carlinhos Maracanã ganha concurso no Armário Grande


Por apenas um ponto de diferença Maracanã
ganhou do sambas do Jair e do Torrado


Sílvio Santos

A escola de samba Acadêmicos do Armário Grande vai cantar na avenida durante os desfiles no carnaval de 2008, o samba de autoria do compositor Carlinhos Maracanã sobre o enredo "Juntos em sonho e magia, o Armário e a Bahia", pesquisado pelo escritor Antônio Cândido e que será desenvolvido pelo professor Marcos Teixeira. O concurso de samba enredo da escola da Zona Sul aconteceu na tarde do último sábado na sede do Ypiranga. Apenas três compositores apresentaram samba José Luiz Machado de Assis - Torrado; Eng° Jair Monteiro e João Carlos Alves – Maracanã. A mesa de jurados foi composta pelo Ernesto Melo (presidente). Altair Santos – Tatá; Flavio Daniel; Alkbal Sodré e Almira Santos. De acordo com sorteio realizado minutos antes do inicio da competição o primeiro a subir no palco foi o intérprete do samba do Torrado Júnior que acompanhado pelo cavaquinista Aldizio e a troupe da bateria comandada pelo mestre Hudson; em seguida foi a vez do interprete Banana Split acompanhado pelo cavaquinista Walci e pelo violonista Genézio mostrar o samba do Carlinhos Maracá e por último Jair Monteiro acompanha pelo Aldizio e integrantes do grupo Ta na Área mais a troupe da bateria da escola mostrar o seu samba. Cada interprete cantou seu samba por quatro vezes, uma primeira rodada, voltando em seguida para mais duas passagem em virtude de problemas com o som na passagem do samba do Torrado interpretado pelo Júnior. No intervalo da apuração a diretoria da escola Armário Grande, colocou no palco show com a Rainha da Bateria Jaqueline, que fez a platéia delirar com sua performance.

Aproveitando a festa do samba enredo a direção da verde e branco prestou homenagem ao sambista compositor Bainha que estava completando na data, 69 anos de idade.

A festa contou com a presença dos dirigentes das escolas Asfaltão; Diplomatas do Samba; Império do Samba; Unidos da Rádio Farol; São João Batista, só quem não compareceu foi a escola de samba Gaviões do Guaporé. Além das escolas filiadas a Fesec prestigiaram a festa os dirigentes dos blocos de trio elétrico Rio Kaiary; Canto da Coruja; Até Que a Noite Vire Dia e Galo da Meia Noite.

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio