Porto Velho (RO) quarta-feira, 29 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Capacitação do ensino especial em Libras na próxima segunda-feira


 
Depois do curso de Transtornos Invasivos do Desenvolvimento (TID), que se encerra nesta sexta-feira (13), no Rondon Palace Hotel, em Porto Velho, com a presença de 120 professores dos 52 municípios rondonienses, a Educação Especial será novamente destaque, na próxima segunda-feira ao dia 25 de junho, com a Capacitação em Libras. O evento, promovido pelo Governo do Estado, por meio do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS) da Secretaria da Educação (Seduc), será aberto às 8h30, no mesmo local, com aulas ministradas pelo intérprete internacional, Marco Antônio Arriens.

De acordo com a subgerente da Educação Especial da Seduc, Vera Regina de Matos, a proposta do Governo é preparar os professores, instrutores surdos e demais profissionais para o uso eficaz da Língua Brasileira de Sinais (Libras) com vistas ao fortalecimento do processo de educação inclusiva em Rondônia. O curso reunirá 80 professores (22 da Capital e 58 do interior do Estado), além de 50 instrutores surdos (19 da Capital e 31 do interior). 

O ministrante do curso é formado em teologia, intérprete de Libras, professor bilíngüe em Libras Língua Portuguesa, além de possuir conhecimento em diversas línguas como, alemão, inglês, francês, grego, hebraico, espanhol. American Sing Language (ASL) e língua de sinas da Venezuela, Argentina e Chile.

O secretário estadual da Educação, professor Edinaldo Lustoza, destacou que se trata de mais uma capacitação que tem por base a política da educação para todos atendendo à necessidade de disseminação de conhecimentos por meio do CAS. “Nosso objetivo maior é transformar os participantes em intérpretes e multiplicadores da linguagem do surdo, de forma que ela seja entendida por todos, independente de ser ou não portador de necessidade especial auditiva”, disse Lustoza, lembrando que a Libras é originária da comunidade surda e reconhecida pelos organismos oficiais.

Ainda conforme o secretário, atualmente existem na rede estadual 711 alunos surdos distribuídos entre os ensinos fundamental e médio. “A disseminação desta língua com certeza garante ao aluno surdo a tão propalada inclusão escolar e social com qualidade e respeito”, concluiu.

Fonte: Veronilda Lima
 

Mais Sobre Cultura

Agenda de shows e gastronomia do Mercado Cultural de Porto Velho

Agenda de shows e gastronomia do Mercado Cultural de Porto Velho

Os cantores Silvinho Santos, Roosevelt Matos, Edmilson Gama, Iná, Jailton dos Teclados, Beto Cezár, Grupo Melodia e o Trio Forrozada, são as atrações

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em