Terça-feira, 16 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Cultura

Capacitação do ensino especial em Libras na próxima segunda-feira


 
Depois do curso de Transtornos Invasivos do Desenvolvimento (TID), que se encerra nesta sexta-feira (13), no Rondon Palace Hotel, em Porto Velho, com a presença de 120 professores dos 52 municípios rondonienses, a Educação Especial será novamente destaque, na próxima segunda-feira ao dia 25 de junho, com a Capacitação em Libras. O evento, promovido pelo Governo do Estado, por meio do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS) da Secretaria da Educação (Seduc), será aberto às 8h30, no mesmo local, com aulas ministradas pelo intérprete internacional, Marco Antônio Arriens.

De acordo com a subgerente da Educação Especial da Seduc, Vera Regina de Matos, a proposta do Governo é preparar os professores, instrutores surdos e demais profissionais para o uso eficaz da Língua Brasileira de Sinais (Libras) com vistas ao fortalecimento do processo de educação inclusiva em Rondônia. O curso reunirá 80 professores (22 da Capital e 58 do interior do Estado), além de 50 instrutores surdos (19 da Capital e 31 do interior). 

O ministrante do curso é formado em teologia, intérprete de Libras, professor bilíngüe em Libras Língua Portuguesa, além de possuir conhecimento em diversas línguas como, alemão, inglês, francês, grego, hebraico, espanhol. American Sing Language (ASL) e língua de sinas da Venezuela, Argentina e Chile.

O secretário estadual da Educação, professor Edinaldo Lustoza, destacou que se trata de mais uma capacitação que tem por base a política da educação para todos atendendo à necessidade de disseminação de conhecimentos por meio do CAS. “Nosso objetivo maior é transformar os participantes em intérpretes e multiplicadores da linguagem do surdo, de forma que ela seja entendida por todos, independente de ser ou não portador de necessidade especial auditiva”, disse Lustoza, lembrando que a Libras é originária da comunidade surda e reconhecida pelos organismos oficiais.

Ainda conforme o secretário, atualmente existem na rede estadual 711 alunos surdos distribuídos entre os ensinos fundamental e médio. “A disseminação desta língua com certeza garante ao aluno surdo a tão propalada inclusão escolar e social com qualidade e respeito”, concluiu.

Fonte: Veronilda Lima
 

Gente de OpiniãoTerça-feira, 16 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa francês de rádio disponibiliza arquivos do especial de música rondoniense

Programa francês de rádio disponibiliza arquivos do especial de música rondoniense

A inserção da música rondoniense em uma programa radiofônico de Marselha, a segunda maior cidade da França, está disponível de forma permanente em u

Estudantes de Jornalismo da Unir lançam revista sobre música de Rondônia

Estudantes de Jornalismo da Unir lançam revista sobre música de Rondônia

Uma reunião estratégica foi realizada no último dia 04, no gabinete do governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha. O Diretor-Superintendente do Se

Escola Pé de Murici recebe atividades do Projeto Cine Itinerante "Do mar do Caribe à beira do Madeira" nesta sexta-feira (05)

Escola Pé de Murici recebe atividades do Projeto Cine Itinerante "Do mar do Caribe à beira do Madeira" nesta sexta-feira (05)

Nesta sexta-feira (05 de julho), as ações do Projeto Cine Itinerante “Do mar do Caribe à beira do Madeira: Educação, Arte e Cultura cinematográfica

Gente de Opinião Terça-feira, 16 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)