Porto Velho (RO) sábado, 25 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Brasil é homenageado na 25º Feira do Livro de Bogotá



O Brasil foi o país escolhido pelos colombianos para ser homenageado na edição comemorativa dos 25 anos da Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILbo), que acontece entre os dias 18 de abril e 1º de maio de 2012. Trata-se de um dos eventos mais importantes da Colômbia e, além de apresentar a literatura brasileira, oferece uma ampla programação para celebrar a cultura do país convidado.
 
A Fundação Biblioteca Nacional (FBN), vinculada do Ministério da Cultura (MinC), e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), em parceria com a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), trabalharam em conjunto para organizar a participação brasileira. A programação contará com cerca de 50 escritores do país, debates sobre políticas de leitura, mostras de filmes nacionais, espetáculos musicais e de dança e exposições. As atividades foram planejadas de acordo com as demandas dos colombianos e o empenho do Brasil em mostrar a diversidade de sua cultura.
 
Essa ação interministerial corresponde à determinação do governo brasileiro de contribuir para o processo de internacionalização do livro e da literatura do país. A homenagem em Bogotá marca na atual gestão o início dessa nova forma de ação, de maior vulto na cena internacional.
 
O evento deverá ser aberto no dia 16 de abril, às 19h, pelo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e a ministra da Cultura do Brasil, Ana de Hollanda. O pavilhão brasileiro no evento terá três mil metros quadrados e foi projetado por Daniela Thomas. Para montar a programação literária e as atividades relativas ao mercado editorial, a FBN trabalhou em parceria com a Câmera Brasileira do Livro (CBL). Os autores com obras para crianças que irão a Bogotá foram selecionados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). A outra parte da programação, com atividades culturais não literárias (como shows e mostras de cinema), foi organizada pelo Ministério das Relações Exteriores, com a participação da Embaixada do Brasil em Bogotá.
 
 
Um conjunto diversificado de autores brasileiros

A curadoria da programação literária foi realizada pela escritora Guiomar de Grammont, professora da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e colaboradora do Ministério da Cultura, a partir de critérios e diretrizes estipulados pelo Grupo de Trabalho Bogotá 2012, que reuniu 16 entidades públicas e privadas, ligadas à área cultural, literária e editorial. A curadoria realizou ampla pesquisa de todos os autores publicados em espanhol ou em vias de publicação. Os organizadores colombianos, por sua vez, recomendaram alguns nomes de autores e escolheram alguns, de acordo com os temas já previstos na programação geral da Feira. Além disso, a curadoria se preocupou em apresentar um conjunto representativo da literatura brasileira contemporânea, com autores de diferentes idades e temáticas variadas.
 
 
No primeiro dia da FILbo (18 de abril), a escritora Nélida Piñon abrirá a programação geral do evento com uma mesa dedicada à sua trajetória e obra. Nélida conversará com o escritor colombiano Guido Tamayo, às 19h, no Salão José Asunción Silva. Os autores brasileiros falarão em diferentes espaços da Feira. No auditório Moacyr Scliar, do pavilhão brasileiro, acontecerá ciclo Aquarela Brasileira, com autores nacionais e homenagens.
 
Os centenários de Jorge Amado e Nelson Rodrigues serão celebrados em Bogotá com leituras de trechos de seus livros por atores colombianos. Na homenagem a Amado (26 de abril, às 18h40m), haverá degustação de quitutes baianos. A homenagem a Rodrigues será no dia 20 de abril, também às 18h40m. Millôr Fernandes será tema de debate no dia 27 de abril, às 10h, com o escritor Andres Hoyos, fundador da publicação El Malpensante e colunista do jornal El Espectador. Guimarães Rosa será lembrado no dia 25 de abril, às 19h, no lançamento da sétima edição do concurso literário promovido pelo Instituto Cultural Brasil Colômbia (Ibraco). O tema desta edição será O Brasil dos Sonhos, em homenagem a Rosa, que exerceu funções diplomáticas em Bogotá. Carlos Drummond de Andrade será tema de mesa (Como Ler Drummond) com Affonso Romano de Sant´Anna, no dia 24 de abril, às 18h40m. Haverá mais uma homenagem, a Bartolomeu Campos de Queirós, destacado autor de livros infantis morto este ano, em mesa com colombianos e brasileiros, também em 24 de abril. Ao longo da FILbo, atores colombianos lerão ainda trechos de outros clássicos brasileiros, com Graciliano Ramos, Cora Coralina e Clarice Lispector.
 
Fonte: Rachel Berto
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio