Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Bolsistas do ProUni têm até sexta-feira para confirmar dados


Agência O GloboBRASÍLIA - O estudante reclassificado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) deve confirmar na instituição de ensino superior em que foi aceito os dados socioeconômicos expressos na ficha de inscrição. São 33.116 bolsas, sendo que 17.868 são integrais e 15.248 são parciais, no valor de 50% da mensalidade. A lista está disponível no site www.mec.gov.br.Os reclassificados ocuparão as vagas dos estudantes selecionados na primeira etapa, mas que não comprovaram os dados nas instituições de ensino superior. O prazo para os selecionados na primeira etapa foi até o dia 2 de fevereiro.O convocado deverá comprovar que cursou todo o ensino médio em escola pública ou que foi bolsista integral em instituição privada. Os que foram selecionados para bolsa integral devem ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio (R$ 525).Caso o estudante tenha sido selecionado para bolsa parcial, ou seja de 50%, deve comprovar uma renda familiar per capita de até três salários (R$ 1.050). O estudante deve apresentar também a carteira de identidade e o Cadastro da Pessoa Física (CPF).O número de bolsas para o primeiro semestre de 2007 é 18% maior do que o total de vagas oferecidas no primeiro semestre de 2006. Também aumentou o número de instituições de ensino participantes. Em 2005, no primeiro ano de funcionamento do ProUni, foram 1.142; em 2006, 1.232; e em 2007, 1.424. No Rio de Janeiro, o ProUni ofereceu 6.727 bolsas, sendo 5.833 integrais e 884 parciais.O programa já atendeu a 202 mil estudantes, mas convive com uma evasão de 15%. Por conta disso, atualmente há 172 mil matriculados e cursando a universidade graças ao programa.Mais de dois mil beneficiados com a bolsa permanênciaMais de dois mil estudantes do Programa Universidade para Todos (ProUni) começarão a receber na primeira semana de março, retroativo a fevereiro, a bolsa-permanência de R$ 300 para não abandonar o curso. A relação dos 2.148 beneficiários está no site do ProUni . Para consultar a lista, o aluno precisa informar o número do seu CPF ou o registro no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).De acordo com o coordenador do ProUni, Celso Ribeiro, tem direito à bolsa-permanência todo o estudante do programa que faz uma graduação presencial com seis ou mais semestres de duração e com carga superior a seis horas diárias. Em 2007, o Ministério da Educação reservou em seu orçamento cerca de R$ 10 milhões para pagar a bolsa-permanência. O aluno recebe 12 bolsas por ano e se tiver aproveitamento de, no mínimo, 75% em todas as disciplinas do curso, combinado com freqüência de 75%, terá o benefício durante todo o curso.As instituições de ensino superior que recebem alunos do ProUni são obrigadas a informar ao MEC, ao final de cada semestre, o aproveitamento e a freqüência de cada beneficiário.- Os alunos do ProUni são esforçados, têm bom desempenho, daí o baixo índice de desligamento do programa. O resultado se deve a uma seleção criteriosa que é feita entre milhares de concorrentes com base nas melhores notas do Enem - avalia Celso Ribeiro.O estudante que ganhou a bolsa-permanência em 2007 deve abrir uma conta corrente, individual, na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil, informar o número da conta na instituição onde estuda e assinar o termo de concessão de bolsa. O MEC faz o depósito sempre na primeira semana de cada mês.

Mais Sobre Cultura

VIRIATO MOURA LANÇA LIVROS NA COMEMORAÇÃO DO DIA DO ESCRITOR

VIRIATO MOURA LANÇA LIVROS NA COMEMORAÇÃO DO DIA DO ESCRITOR

A Academia Rondoniense de Letras (ARL) promoveu um encontro de seus membros no dia 27 passado para comemorar o Dia do Escritor, ocorrido em 25 de julh