Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Avoar - Brincadeira de criança


Malu Pereira
 
Em cartaz hoje e amanhã no Sesc Esplanada a peça infantil "Avoar", é mais que um espetáculo para entreter as crianças. É uma nostálgica volta no tempo. Na época em que elas brincavam nas ruas, sem preocupação com violência, trânsito. Época que o vídeo games não existia e que diversão era ao ar livre, na frente de casa com a família reunida para curtir o início da noite. "AVOAR foi o jeito urbano que encontrei de trazer de volta as velhas noites de lua, as cadeiras nas calçadas e a rua onde as crianças brincavam ao som de cantigas de roda. Um jeito de recuperá-las, corrigi-las e documentá-las. E será espero, um modo de cantá-las e espalhá-las por toda a cidade, até descobrir onde a lua se esconde e fazê-la voltar, se não por cima dos prédios, para dentro deles. Mantê-la presente nos olhos, entre as pessoas, no coração", assim descreve a essência do texto, o dramaturgo e diretor Teatral Vladimir Capella, autor da peça.

No enredo da peça as crianças, em uma brincadeira têm um desafio lúdico: encontrar uma lua, uma palmeira e uma canção. E é nesse jogo que as cantigas infantis e as brincadeiras simples como esconde-esconde e pega-pega,  dão vida a imaginação. " Nessa peça busquei a sensibilidade existente na criança adormecida dos atores, em mim mesma e em cada espectador, através da delicadeza com que as brincadeiras e canções são apresentadas", comenta a diretora do espetáculo Suely Rodrigues.

Para Bira, o percussionista da peça, o ritmo das canções  com melodias e arranjos simples resgata com originalidade as cantigas de roda, e cumprem seu papel de transportar o público para esse  passado. "As músicas são envolventes e as histórias prendem a atenção das crianças", salienta.

Avoar é mesmo um espetáculo para crianças pequenas e para as que já são crescidas e como é lembrado no próprio texto da peça: "Como é triste não poder brincar... Hoje o mundo está tão violento... São poucos os lugares onde as crianças podem brincar livremente na rua até o anoitecer, como brincavam nossos pais e nossos avós. Não podemos esquecer das brincadeiras, das palmeiras e da lua. Não podemos esquecer das canções. Vamos ... 'AVOAR'."

Avoar
Data: Sábado e Domingo
Horário: 18h
Local: Teatro 1 do Sesc(Av. Presidente Dutra - Esplanada)
Ingressos: R$ 10,00 Meia: R$ 5,00

Mais Sobre Cultura

Forte Príncipe da Beira está entre as 18 fortificações brasileiras candidatas a patrimônio da humanidade reconhecido pela Unesco

Forte Príncipe da Beira está entre as 18 fortificações brasileiras candidatas a patrimônio da humanidade reconhecido pela Unesco

 Nos dias 9 e 10 de julho uma equipe técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Brasília fará uma visita ao Forte Pr

O ZÉ E O SALÁRIO MÍNIMO - Por Humberto Pinho da Silva

Não sei se já vos falei do Zé. Conheci-o desde menino, dos bancos do liceu.

Escritora lança livro que conta a história dos bairros de Porto Velho

Escritora lança livro que conta a história dos bairros de Porto Velho

O lançamento do livro contou com o apoio da Prefeitura

Funcultural realiza o Som Livre

Funcultural realiza o Som Livre

De acordo com o presidente da Funcultural, Fernando Ocampo, o Som Livre será realizado quinzenalmente, de forma itinerante, em vários espaços da cidad